GIRLS IN GREEN

Você sabe o que são terpenos e como eles agem no nosso organismo? Entenda os diferentes tipos de terpenos encontrados nas plantas de cannabis.

Nos últimos anos, uma das nossas maiores curiosidades tem sido sobre terpenos e como eles são revolucionários no mundo da cannabis. Nunca esquecemos da primeira vez que lemos um post do Ed Rosenthal que dizia que os terpenos poderiam ser a fonte mais verdadeira da diferença entre indica e sativa, e isso nos impressionou muito! Fazia muito sentido na época e, agora, ainda mais.

Mas o que são terpenos?

Para aqueles que ainda não estão familiarizados com a palavra, eles são hidrocarbonetos orgânicos aromáticos encontrados na maioria das plantas – e até em alguns insetos! A substância é usada pelas plantas como repelente natural de predadores, e também como uma maneira de atrair predadores e polinizadores úteis. Ela está mais presente em nossa vida do que você imagina!

Cada planta terá um perfil de terpenos diferente. A variação do cheiro e gosto se dá devido as concentrações e também por fatores determinantes como clima, umidade, qualidade do solo e outros.

Ok, então isso é terpeno. Mas e o que são os terpenóides?

Os terpenóides são terpenos que foram modificados através de um processo de secagem e cura (modificação química), alterando a quantidade de oxigênio do composto. Fácil, né? Na verdade, não! Mas vamos tentar ajudar. Basicamente, se você não é um fã de química, pode pensar na diferença entre essas duas palavras, sendo que terpenos são o que você encontrará com a planta quando “molhada”, enquanto terpenóides são os óleos essenciais que você encontrará na planta quando seca e curada.

flor de maconha

Qual a importância deles?

Agora sabemos o que são terpenos e terpenóides, mas por que eles são importantes? Bem, hoje a comunidade médica e da cannabis já sabem que os canabinóides têm propriedades terapêuticas, e também é sabido que os terpenos (e terpenóides) também os possuem. Especialmente nas plantas de cannabis, quando canabinóides e terpenos são combinados, eles têm resultados medicinais surpreendentes.

Então, basicamente, podemos dizer com certeza que:

  1. Os terpenos afetam diretamente como a maconha afeta você;

  2. Os terpenos têm benefícios medicinais e, quando combinados com canabinóides, sinergizam no sistema endocanabinóide humano;

  3. Os terpenos alteram o sabor e o cheiro de cada planta de cannabis.

Hoje vamos dividir com vocês um pouco sobre os principais terpenos encontrados nas plantas de cannabis e seus efeitos holísticos; entre físico, mental e o potencial terapêutico.

MIRCENO

Geral: o mirceno é o terpeno mais comum nas strains de hoje e é conhecido por ter efeitos calmantes e altamente sedativos, com alguns até atribuindo o efeito de “bloqueio do sofá” de leseira a ele.

Onde mais pode ser encontrado: lúpulo, tomilho, manga e capim-limão.

Efeitos médicos potenciais: antioxidante, bom para o tratamento da insônia e distúrbios do sono, tratamento da dor e potencial anti-inflamatório.

PINENO

Geral: o terpeno mais comum encontrado na natureza, devido à sua presença na maioria dos pinhos e pinheiros, possui muitos benefícios terapêuticos conhecidos e o potencial de ajudar na recuperação da memória.

Onde mais pode ser encontrado: pinheiros, alecrim e manjericão.

Efeitos médicos potenciais: efeito broncodilatador, potencial anti-inflamatório e prevenção de perda de memória.

CARIOFILENO

Geral: este terpeno possui uma das características mais interessantes, pois é capaz de desencadear o sistema endocanabinóide humano.

Onde mais pode encontrar: pimenta preta, cravo e canela.

Efeitos médicos potenciais: tratamento de ansiedade, depressão, dor e protetor gástrico.

LIMONENO

Geral: o mesmo terpeno encontrado nos limões e em alguns outros cítricos. Tem um cheiro rico e familiar, com propriedades altamente energéticas.

Onde mais pode ser encontrado: limão, zimbro e laranja.

Efeitos médicos potenciais: tratamento da ansiedade, depressão, anti-inflamatório, alívio da dor e antifúngico.

TERPINENO

Geral: o terpeno mais comum no meio da cannabis é encontrado, em muitas strains tem um aroma esfumaçado e amadeirado.

Onde mais pode ser encontrado: lilás, noz-moscada, cominho, melaleuca e maçãs.

Efeitos médicos potenciais: antioxidante, anticâncer, antibacteriano e antifúngico.

Gostou de saber tudo isso? Compartilhe com quem também é canábico para mostrar essa experiência de cura que a erva traz.

guest
4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
maybealittletoosoon@gmail.com
2 anos atrás

A bit complex for me, but worth the effort. https://www.labtube.tv/video/enabling-the-next-generation-medicinal-breeding-understanding-terpene-chemotypes-in-cannabis
Really breaks down what we already know and don’t know about how a plant makes terpenes and its precursors. Interesting repercussions for hash making. Cool look into plant genetics.

maybealittletoosoon@gmail.com
2 anos atrás

A bit complex for me, but worth the effort. https://www.labtube.tv/video/enabling-the-next-generation-medicinal-breeding-understanding-terpene-chemotypes-in-cannabis
Really breaks down what we already know and don’t know about how a plant makes terpenes and its precursors. Interesting repercussions for hash making. Cool look into plant genetics.

maybealittletoosoon@gmail.com
2 anos atrás

A bit complex for me, but worth the effort. https://www.labtube.tv/video/enabling-the-next-generation-medicinal-breeding-understanding-terpene-chemotypes-in-cannabis
Really breaks down what we already know and don’t know about how a plant makes terpenes and its precursors. Interesting repercussions for hash making. Cool look into plant genetics.

Nathaniel Levy
2 anos atrás

A bit complex for me, but worth the effort. https://www.labtube.tv/video/enabling-the-next-generation-medicinal-breeding-understanding-terpene-chemotypes-in-cannabis
Really breaks down what we already know and don’t know about how a plant makes terpenes and its precursors. Interesting repercussions for hash making. Cool look into plant genetics.