Haxixe

ROSIN DE FLOR: ENTENDA O QUE É E APRENDA A FAZER

O rosin de flor pode ser uma das extrações mais fáceis de fazer em casa, usando poucos materiais e obtendo um resultado limpo. Aqui, a gente explica para você como funciona!

As extrações sem solventes são realmente a nossa paixão por aqui. A gente acredita que, por sua potência e pureza, elas são aliadas poderosíssimas de quem deseja aproveitar o melhor que a maconha pode oferecer—seja no uso terapêutico, medicinal, ou adulto. E uma das extrações mais fáceis de fazer, principalmente para quem está começando, é o rosin de flor.

No mercado legal, é bem difícil encontrar o rosin de flor. Isso porque seu rendimento não é tão alto quanto o rosin de hash, queridinho da galera aqui nos Estados Unidos. O resultado também tende a ser um pouco menos limpo, já que as flores podem liberar lipídios e outros compostos. Mas, para quem é iniciante e deseja se aventurar com pouco material e poucas chances de maus resultados, a gente recomenda demais essas técnicas.

Hoje, vamos falar sobre o rosin de flor, como ele pode ser feito em casa, e o que você precisa saber para poder extraí-lo com mais facilidade e sucesso. Vem entender tudo isso com a gente!

 

O que é rosin de flor?

O rosin de flor é um tipo de rosin que é extraído diretamente de flores de maconha inteiras e secas. Elas podem ou não ser curadas. Ao contrário de outros métodos de extração que usam solventes, o rosin é produzido aplicando apenas calor e pressão às flores, o que libera a resina de dentro dos tricomas e forma uma espécie de “massinha” grudenta.

Uma das principais vantagens do rosin de flor é o seu perfil de sabor robusto e abrangente. Prensar flores inteiras permite que o rosin capture e preserve boa parte da complexidade dos terpenos e outros compostos voláteis encontrados naturalmente na planta. 

Além disso, comparado ao rosin feito a partir de hash (como o ice water hash), o rosin de flor requer menos etapas de processamento. As flores podem ser colhidas, secas, curadas e prensadas diretamente, sem a necessidade de extração prévia em água gelada. Isso reduz o tempo e a complexidade envolvidos na produção.

Por outro lado, uma desvantagem significativa do rosin de flor é a presença de óleos, gorduras e lipídios vegetais que não contribuem para os efeitos medicinais ou terapêuticos. Esses compostos são extraídos juntamente com os componentes desejáveis dos tricomas, resultando em um rosin que pode conter mais materiais secundários indesejados.

 

O que você precisa saber antes de fazer rosin de flor?

rosin de flor
Os principais fatores para um bom rosin de flor são temperatura, pressão e material. Imagem: Girls in Green.

Antes de fazer rosin de flor, é crucial considerar vários aspectos para garantir um processo eficaz e um produto final de qualidade! Alguns dos principais envolvem a temperatura de prensagem, a pressão que você vai usar (se estiver utilizando uma prensa profissional), e o seu material inicial.

A temperatura de prensagem é crítica para extrair os compostos desejáveis da maconha sem degradá-los. Geralmente, é recomendado prensar o rosin de flor em temperaturas entre 180°F a 220°F (aproximadamente 82°C a 104°C). Temperaturas mais baixas preservam melhor os terpenos e resultam em um rosin com cor mais clara e sabor mais fresco. Enquanto isso, temperaturas mais altas podem aumentar o rendimento, mas podem comprometer o sabor e a qualidade.

A pressão aplicada durante a prensagem também é essencial. A faixa de pressão geralmente recomendada varia de 300 a 900 PSI (libras por polegada quadrada), dependendo do equipamento utilizado. A pressão adequada ajuda a extrair eficientemente os compostos dos tricomas sem danificar a estrutura da planta.

Além disso, antes de prensar, as flores devem ser cuidadosamente preparadas. Elas devem ser secas e curadas adequadamente para garantir um teor de umidade ideal, que geralmente é cerca de 62-65% de umidade relativa. As flores também devem ser quebradas em pedaços pequenos, do tamanho de pipoca, para facilitar a prensagem uniforme dentro dos sacos de rosin.

É comum usar sacos de rosin para conter as flores durante o processo de prensagem. Eles vêm em diferentes tamanhos de micron (micra), que determinam a filtragem dos materiais vegetais indesejados. Para rosin de flor, geralmente são usados sacos com micron de 90 ou maiores, para permitir a passagem dos compostos sem reter excessivamente os óleos e lipídios.

 

Como fazer rosin de flor?

Existem duas maneiras principais de fazer rosin de flor: com uma chapinha de cabelo (de preferência com controle de temperatura) ou com as prensas tradicionais. Aqui, a gente ensina as duas!

Rosin de flor na chapinha

Você vai precisar de:

  • Papel vegetal (preferencialmente específico para rosin);
  • Flores de maconha secas e curadas;
  • Bolsa de filtragem (sugere-se 90u e 25u);
  • Chapinha de cabelo.

Passo a passo:

  • Selecione flores de cannabis secas e curadas. Certifique-se de que estejam na quantidade adequada para preencher a bolsa de filtragem escolhida.
  • Corte o papel vegetal em pequenos pedaços e dobre-o de uma forma que facilite o fluxo do rosin durante a prensagem. Isso ajuda a evitar que o rosin grude no papel.
  • Primeiro, coloque as flores de cannabis dentro da bolsa de filtragem de 25u. Em seguida, coloque esta bolsa dentro da bolsa de 90u. Isso ajuda a proteger a bolsa de filtragem mais fina durante a prensagem.
  • Coloque a bolsa de filtragem preparada entre duas folhas de papel vegetal dobradas. Certifique-se de que a chapinha de cabelo esteja aquecida a uma temperatura ideal, geralmente entre 180°F a 220°F (aproximadamente 82°C a 104°C).
  • Com cuidado, pressione a chapinha sobre o papel vegetal com a bolsa de filtragem por cerca de 5 a 30 segundos, dependendo da quantidade de material e da temperatura utilizada. Aplique a pressão gradualmente para evitar que a bolsa de filtragem se desloque.
  • Após a prensagem, abra o papel vegetal com cuidado. Você verá pequenas gotas douradas de rosin ao redor do material prensado na bolsa de filtragem.
  • Retire a bolsa de filtragem enquanto ainda estiver quente para coletar o rosin ao seu redor. Esse processo pode ser repetido várias vezes, dependendo da quantidade de material que você tem.
  • Armazene o rosin coletado em um pote de vidro hermético, preferencialmente na geladeira, para preservar sua frescura e potência ao longo do tempo.

 

Rosin de flor na prensa

O rosin de flor pode ser feito em prensar profissionais, que proporcionam maior controle! Imagem: Girls in Green.

Você vai precisar de:

  • Papel vegetal (preferencialmente específico para rosin);
  • Flores de maconha secas e curadas;
  • Bolsa de filtragem (sugere-se 90u e 25u);
  • Prensa de rosin.

Passo a passo:

  • Ligue a prensa para iniciar o pré-aquecimento. É importante aquecer a prensa a uma temperatura adequada para extrair os compostos desejáveis da flor de cannabis.
  • Coloque a flor de cannabis em uma bolsa de filtragem com micragem de 13-25u, de acordo com sua preferência. Para aumentar a resistência e evitar blowouts, adicione uma bolsa de 90u por cima da de 25u.
  • Prepare o papel vegetal dobrando-o de uma maneira que facilite o fluxo do rosin durante a prensagem. A forma de dobrar o papel depende de sua preferência, mas deve permitir que o rosin flua sem dificuldades.
  • Coloque o saco de filtragem contendo a flor de cannabis no papel vegetal e alinhe-o cuidadosamente na prensa. Comece aplicando uma pressão leve no material.
  • Aplique pressão gradualmente no material. Se sua prensa tiver um monitor de pressão, acompanhe o indicador. Conforme o hash compacta e aquece, aumente gradualmente a pressão. O tempo de prensagem pode variar de 30 segundos a um minuto, dependendo da quantidade de material no saco de filtragem.
  • Aumente a pressão para aproximadamente 1 tonelada a 2 toneladas, mantendo um fluxo constante de rosin. Conforme o rosin diminui, aumente gradualmente a pressão até atingir cerca de 3 a 5 toneladas.
  • Mantenha a pressão máxima por cerca de 15 a 30 segundos antes de liberar. O tempo total de prensagem pode variar de 2 a 5 minutos, dependendo da quantidade de material e da consistência desejada do rosin.

 

FAQ

O que é rosin de flor?

Rosin de flor é um concentrado extraído das flores secas e curadas da maconha usando calor e pressão. É um método de extração solventless, que preserva os terpenos e outros compostos da planta sem o uso de solventes químicos.

Como o rosin de flor é feito?

Para fazer rosin de flor, as flores de cannabis são colocadas dentro de uma bolsa de filtragem de micronagem adequada (geralmente 13-25u) e prensadas entre duas folhas de papel vegetal aquecido com uma prensa. A aplicação de calor e pressão faz com que os tricomas da flor sejam espremidos, liberando uma resina rica em cannabinoides, terpenos e outros compostos.

Quais são os benefícios do rosin de flor de cannabis?

Os benefícios incluem a preservação dos terpenos e outros compostos voláteis da planta, proporcionando um perfil de sabor e aroma mais rico e complexo. Além disso, o rosin de flor oferece um método de extração relativamente simples e seguro, sem a necessidade de solventes.

Quais são as desvantagens do rosin de flor de cannabis?

Uma desvantagem é que o rosin de flor pode conter mais lipídios, óleos e outras impurezas da planta do que o rosin feito a partir de hash. Isso pode afetar o sabor e a pureza do produto final.

Qual é a melhor temperatura para pressionar rosin de flor?

A temperatura ideal de prensagem geralmente varia entre 180°F a 220°F (aproximadamente 82°C a 104°C). Temperaturas mais baixas preservam melhor os terpenos, enquanto temperaturas mais altas podem aumentar o rendimento, mas podem comprometer o sabor e a qualidade.

Como armazenar o resultado adequadamente?

Recomenda-se armazenar o concentrado em um recipiente de vidro hermético, preferencialmente na geladeira ou em um local fresco e escuro. Isso ajuda a preservar a frescura, o sabor e a potência do produto ao longo do tempo.

Posso fazer rosin de flor em casa?

Sim! É possível fazer rosin de flor de cannabis em casa usando uma chapinha de cabelo ou uma prensa de rosin. É importante seguir as instruções de segurança e ajustar as configurações de temperatura e pressão conforme necessário para obter melhores resultados.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments