Cultivo

O que fazer antes de colher sua maconha

No Hemisfério Norte, Outubro é sinônimo de colheita! Hoje, vamos contar o que você deve — e o que não deve — fazer antes de colher sua maconha.

A hora de colher sua maconha é um dos momentos mais antecipados por todo mundo que a cultiva! E, seja no indoor ou no outdoor, essa é uma das etapas determinantes do cultivo: uma colheita bem planejada e bem executada é só sucesso. O contrário, no entanto, pode mandar um ciclo inteiro por água abaixo — assim como todo tempo, dinheiro e energia que você investiu no processo.

Por isso, se preparar bem para tudo o que está por vir é mais do que necessário. 

Cada cultivador e cultivadora conta com os seus próprios segredos nessa área, e alguns debates espinhosos definitivamente não acabam em consenso (como é o caso de técnicas como flushing). Então, vamos lembrar aqui que o que funciona para alguns pode não se encaixar na realidade do cultivo de outros, e as variáveis podem mudar. O que a gente quer é oferecer algumas diretrizes gerais para ajudar quem está começando a criar seus processos e saberes.

Considerando tudo isso, criamos uma lista com algumas orientações sobre o que você deve fazer (e o que não deve fazer de jeito nenhum) antes da colheita para facilitar sua vida nessa hora tão importante.

Vamos lá?

Foto colorida macro de um bud de maconha
Fique de olho nos seus tricomas e pistilos para não perder a hora ideal para sua colheita!

Antes da colheita, você deve:

  • Observar de perto a umidade no seu espaço de cultivo;
  • Retirar as folhas-leque com antecedência;
  • Fazer um inventário com tudo o que você vai precisar para colher suas plantas;
  • Preparar um espaço limpo e climatizado para fazer a secagem e a cura;
  • Estar de olho nos seus tricomas e pistilos para não perder a hora!

Vamos explicar melhor tudo isso.

Cuidados com a umidade antes da colheita

A umidade relativa no seu grow, seja ele indoor ou outdoor, é sempre algo que deve ser observado atentamente. Afinal, fungos e outros indicadores naturais adoram uma plantinha mais úmida e escura para se desenvolver — e, no processo, acabam com os buds que a gente está esperando e cuidando com tanto amor e carinho.

Na fase final, quando as plantas estão maiores e mais frondosas, é ainda mais importante controlar bem a umidade do seu espaço! No nosso post sobre fotoperíodo, a gente já explicou que na floração:

  • A umidade relativa do seu grow precisa ser reduzida para 40-50%.
  • As temperaturas ideais ficam entre entre 20 e 28°C.

Se estamos falando de um espaço de plantio outdoor, as coisas mudam de figura. Plantas mais expostas às intempéries vão exigir cuidado redobrado! É importante estar de olho na previsão do tempo e tentar fazer a colheita num período mais sequinho. Se você ver que a previsão é de muita chuva e que a umidade relativa do ar vai estar alta a ponto de se tornar arriscado, pode ser uma boa ideia antecipar a sua colheita.

Antes plantas levemente imaturas do que mofadas — afinal, se tem mofo, o rolê é botar fora para não acabar com a sua saúde.

Mas o próximo truque pode ajudar um pouco a evitar os fungos…

Foto colorida de uma mão segurando uma folha de maconha, com plantação ao fundo
Dica preciosa: desfolhar enquanto as plantas ainda estão vivas, vai gerar menos manuseio na planta pós colheita!

Última desfolhação antes da colheita

Uma ótima maneira de economizar tempo durante a colheita é desfolhar enquanto as plantas ainda estão vivas. Uma desfolhação vigorosa antes de colher significa menos manuseio das plantas mais tarde, pois é muito mais fácil retirar as folhas-leque enquanto a planta ainda tem umidade.

Isso é especialmente importante para quem vai colher para fazer haxixe e deseja manter os tricomas intactos. Desfolhar com certa antecedência vai exigir menor manuseio na hora da trima, o que significa menos perda das preciosas cabeças de tricoma que você vai precisar na hora de produzir seu concentrado.

Além disso, desfolhar sua planta vai ajudar a fazer com que o ar circule entre as flores, permitindo também uma melhor penetração de luz nos buds que estão mais abaixo. Isso é extremamente importante para evitar a presença de oídio e botrytis, dois fungos que podem acabar com a sua colheita.

Pode tirar essas folhas sem medo alguns dias antes de fazer sua colheita! Mas lembre-se de não fazer nenhuma poda muito radical ou retirar galhos enquanto as suas flores estão em desenvolvimento, já que isso pode atrapalhar, “desviando” a energia da planta. Deixe esse passo bem para a reta final.

Equipamento necessário para colher maconha

Será que você tem tudo o que precisa para a hora da colheita? É bem legal fazer seu inventário e organizar os equipamentos necessários previamente.

Normalmente, para colher suas plantas, você vai precisar de:

  • Tesouras pequenas (para aparar os buds);
  • Tesouras de poda (úteis para ramos grandes);
  • Cadeiras confortáveis;
  • Uma superfície limpa, como uma mesa;
  • Bandejas ou tigelas para as plantas;
  • Álcool isopropílico;
  • Panos e papel toalha para fazer a limpeza quando necessário;
  • Roupas que podem ficar sujas e pegajosas;
  • Luvas de látex sem talco.

Dica: para fazer a trima, a gente gosta muito das tesouras Chikamasa! Elas não machucam tanto as mãos e são confortáveis o suficiente para longas sessões de manicure. Além disso, elas oferecem bastante precisão para tirar aquelas folhinhas indesejadas e lapidar as flores do jeitinho que a gente gosta.

Prepare seu quarto de secagem adequadamente

Se você não vai congelar toda a sua maconha e fazer o famoso fresh frozen, vai precisar pensar bem no quarto de secagem. Se antes da colheita o mofo é assustador, depois dela é ainda mais! Por isso, é mais do que necessário separar um espaço adequado para que as plantas sequem — com umidade, ventilação e temperatura adequadas. 

Tenha esse espaço de secagem pronto com antecedência para que, se você tiver que começar a colher uma semana antes, tenha a capacidade de fazer isso sem perder plantas (ou arrancar os próprios cabelos).

Um quarto de secagem deve ser grande o suficiente para que toda sua maconha fique bem espaçada. Maconha amontoada é um prato cheio para o desenvolvimento de fungos, bactérias e outras coisas que a gente quer que fique bem longe das flores que cultivamos. Então, nossas dicas são:

  • Escolha um ambiente fresco e arejado, com bastante espaço.
  • Se possível, use um desumidificador para diminuir a umidade do ambiente. Um ar condicionado também ajuda a manter a temperatura ideal, e um ventilador pode ser uma boa para garantir a circulação.

Para você ter em mente: nos primeiros dias, você vai precisar de uma temperatura de 68 F (20°C) e umidade relativa de 55% para que o bud fique com aproximadamente 30-40% de água. Depois disso, a temperatura deveria cair alguns graus para 64 F (18°C) para reduzir a velocidade do processo. A umidade deve estar por volta dos 50%, ou os buds irão secar rápido demais.

Além disso, mantenha esse quarto bem limpo para evitar contaminações!

Foto colorida da Alice segurando uma bandeja de buds recém colhidos em uma plantação outdoor na California
Colheita linda dos buds densos e grandes da Sunshine, da @sunboldtgrown

Espere o tempo das suas flores

O último passo antes da colheita, e talvez o mais importante, é lembrar que quem dita a data da colheita não é você — é a sua planta. 

Ah, o jeitinho que a natureza tem de nos mostrar que a gente nunca está no controle, né?

Filosofias à parte: no final da floração, você deve estar de lupa em mãos para observar seus tricomas até que eles fiquem da cor que você quer. Estar atento à maturação dessas glândulas vai garantir que suas flores estejam maduras e sejam colhidas com canabinoides e terpenos em seu auge! Então, dê uma olhadinha:

  • Se o tricoma está transparente, ele está imaturo.
  • Caso o tricoma esteja branco-leitoso, ele já está amadurecendo.
  • Quando o tricoma está âmbar-dourado, ele está bem maduro.

Aqui, cada um tem uma fórmula diferente, especialmente se o objetivo é processar a planta e transformá-la em concentrado: tem gente que prefere poucos tricomas âmbar, já que eles são mais difíceis de manipular e deixam tudo mais grudento; tem gente que prefere muitos tricomas âmbar por acreditar que a maconha mais madura é mais saborosa. Por aí vai.

É importante que você faça a sua observação e colha a maconha quando estiver do jeito que você gosta — de consumir e/ou de trabalhar.

Existem cultivadores que apontam os pistilos (aqueles cabelinhos nas flores) como um método de saber se elas estão prontas ou não. Segundo eles, se estiverem laranja, estão bons para colher. O problema é que existem pistilos de diferentes cores — tem rosa, roxo, dourado… Então, esse método pode ser confuso. A gente prefere olhar para os tricomas!

E aí, gostou das nossas dicas? A colheita é um momento muito mágico, e é sinônimo de comemoração nas fazendas e nos cultivos urbanos. Por isso, a gente recomenda que você se prepare bem para poder aproveitar essa hora, curtir os seus resultados e planejar os seus próximos passos. Adiantar um pouco do trabalho pode ajudar a manter sua mente mais livre para curtir tudo sem preocupações.

Boa colheita!

Para mais informações, não esquece de seguir a gente lá no Instagram @girlsingreen710.

Até a próxima!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments