Saúde

MACONHA E DOR NAS COSTAS: A PLANTA PODE AJUDAR?

A dor nas costas pode ser causada por diferentes fatores, e ser tanto aguda quanto crônica. E será que a maconha pode ajudar a tratá-la? Vamos explorar essa temática!

Tensões musculares, menstruação, lesões localizadas ou até doenças crônicas: o que não faltam são possíveis causas por trás daquela dor nas costas chata que teima em atrapalhar nossa vida. Globalmente, estima-se que cerca de 540 milhões de pessoas sofram com esse sintoma. Pessoas acima do peso e mulheres com mais de 30 anos estão entre os maiores afetados. Mas e aí: quando o assunto é dor nas costas, será que a maconha pode ajudar?

Um dos principais usos da maconha medicinal é justamente para tratar dores diversas — como a gente já explicou por aqui. Entretanto, quando falamos da dor nas costas, precisamos entender qual o mecanismo da planta que pode ajudar, e lembrar também que tudo pode depender das causas subjacentes desse incômodo. 

Também sofre com esse problema tão debilitante? No tema! Aqui, vamos explicar para você como a maconha pode ajudar quem sofre com dor nas costas, o que a ciência diz sobre isso e como você pode incorporar a plantinha em sua vida para encontrar alívio.

Vem com a gente!

 

O que é dor nas costas: tipos e intensidade

A dor nas costas é um problema bem mais comum do que a gente pode imaginar (ainda mais na juventude, com uma coluninha zerada). Mas a verdade é que ele pode variar em termos de tipo, localização e intensidade. 

Tipos de dor nas costas:

  • dor aguda: geralmente é de curto prazo e surge de repente. Muitas vezes se relaciona a lesões ou tensões musculares;
  • dor crônica: persiste por um período prolongado — geralmente mais de 12 semanas. Pode estar associada a condições médicas subjacentes, como hérnia de disco, artrite ou problemas estruturais.

Localização da dor nas costas:

  • lombar (lombalgia): uma das formas mais comuns do problema, afeta a parte inferior das costas;
  • torácica: menos comum, a dor nas costas na região média das costas pode ser causada por problemas na coluna torácica;
  • cervical: afeta o pescoço e a parte superior das costas. Pode ser causada por tensões musculares, problemas de disco ou degeneração.

Intensidade:

  • leve a moderada: muitas dores nas costas são de intensidade leve a moderada e podem ser gerenciadas com medidas simples, como repouso, exercícios de alongamento e medicamentos comuns;
  • severa: a dor nas costas intensa pode ser incapacitante, interferindo nas atividades diárias. Pode exigir intervenção médica, incluindo tratamentos mais específicos e analgésicos mais potentes.

 

O que pode causar dor nas costas?

Antes de usar a maconha ara tratar as dores, é preciso conhecer suas causas! Imagem: Girls in Green.

Como a gente já mencionou, é bem importante entender a causa por trás da dor nas costas. Ela pode aparecer por diversos motivos, incluindo lesões, doenças crônicas, má postura e até mesmo fatores hormonais, como a menstruação. Alguns dos mais comuns são:

Lesões musculares e ligamentares:

  • entorses e distensões: lesões comuns devido a movimentos bruscos, levantamento inadequado de objetos ou atividades físicas intensas;
  • lesões por impacto: traumas, quedas ou acidentes podem resultar em lesões nas costas.

Problemas estruturais na coluna vertebral:

  • hérnia de disco: quando o material do disco intervertebral se desloca, podendo pressionar os nervos e causar dor;
  • escoliose: curvatura anormal da coluna vertebral;
  • estenose espinhal: estreitamento do canal espinhal, que pode causar compressão nervosa.

Doenças crônicas:

  • artrite: inflamação das articulações, como a espondilite anquilosante;
  • osteoporose: diminuição da densidade óssea, aumentando o risco de fraturas vertebrais;
  • fibromialgia: condição que causa dor muscular generalizada e sensibilidade.

Problemas internos:

  • pedras nos rins: podem causar dor intensa nas costas quando passam pelos ureteres;
  • endometriose: em algumas mulheres, a dor nas costas pode ser um sintoma relacionado ao ciclo menstrual;
  • menstruação: algumas mulheres experimentam dor nas costas durante o ciclo menstrual devido a mudanças hormonais.

Má postura e sobrecarga:

  • postura inadequada: sentar-se ou ficar em pé de maneira inadequada pode levar a dores nas costas ao longo do tempo;
  • levantamento incorreto: erguer objetos pesados de maneira inadequada pode causar lesões nas costas.

Fatores psicossociais:

  • estresse e ansiedade: podem contribuir para a tensão muscular e piorar a dor nas costas;
  • depressão: algumas pessoas com depressão podem relatar dor nas costas como um sintoma.

Idade e desgaste natural:

  • degeneração discal: com o envelhecimento, os discos entre as vértebras podem se degenerar, contribuindo para a dor nas costas.

 

A maconha pode ajudar a aliviar a dor nas costas?

A maconha, especialmente os compostos presentes nela chamados canabinoides, tem sido estudada por seus potenciais efeitos no alívio da dor, incluindo a dor nas costas. O sistema endocanabinoide, que está presente no corpo humano, desempenha um papel crucial nesse contexto.

O sistema endocanabinoide é composto por receptores canabinoides (principalmente CB1 e CB2), endocanabinoides (produzidos pelo próprio corpo) e enzimas que regulam a síntese e a degradação desses endocanabinoides. Os canabinoides encontrados na maconha, como o THC (tetraidrocanabinol) e o CBD (canabidiol), interagem com esses receptores no sistema endocanabinoide.

  • O THC, por exemplo, é conhecido por suas propriedades analgésicas e pode ajudar a modular a percepção da dor.
  • O CBD, embora não seja psicoativo como o THC, tem propriedades anti-inflamatórias, relaxantes musculares e pode influenciar a resposta à dor.

Os canabinoides podem atuar nos receptores CB1 presentes principalmente no sistema nervoso central e CB2, mais prevalentes no sistema imunológico e tecidos periféricos. A ativação desses receptores pode modular a transmissão de sinais de dor e reduzir a inflamação.

 

E quais são as evidências mais recentes?

maconha dor nas costas
Linhas de produtos para alívio de dores são comuns no mercado legal. Imagem: Papa & Barkley.

Essa revisão de 2022 avaliou 22 artigos, dos quais quatro atenderam aos critérios de elegibilidade. Dois estudos abordaram a dor pós-lesão na medula espinhal, enquanto outros dois trataram da dor lombar. Os tipos de cannabis variaram, incluindo THC e medicamentos à base desse canabinoide. Ele envolveu 110 pacientes e mostrou vantagens quantificáveis da terapia com cannabis para aliviar a dor nas costas em todos os estudos, sem relatos de efeitos adversos graves. 

Esse outro estudo de 2022 incluiu 48 pacientes com estenose espinhal lombar. Ao longo de seis visitas, avaliou-se a dor imediata, o nível usual de dor durante a semana. Concluiu-se que o tratamento com cápsulas de gel à base de CBD resultou em melhorias significativas nas pontuações de dor e em medidas de qualidade de vida para os pacientes.

Mais um estudo de 2022 nos mostrou que o uso de cannabis para tratar dores crônicas nas costas ajudou a reduzir o número de pacientes que buscou alívio em medicamentos à base opioides e opiáceos. Isso é especialmente incrível pensando no contexto dos Estados Unidos, que vive uma verdadeira crise por conta do uso problemático de analgésicos do tipo.

A maconha também pode ajudar a tratar as causas subjacentes da dor nas costas. Por exemplo: pesquisas já mostraram seu potencial como anti-inflamatório, relaxante muscular, redutor de estresse e até de dores e desconfortos menstruais. Isso significa que ela pode ser eficaz para diferentes manifestações desse mesmo sintoma.

 

Como usar maconha para dor nas costas

A maconha pode ser utilizada de diversas formas para aliviar a dor nas costas. Aqui estão alguns métodos de uso:

Inalação: fumar ou vaporizar maconha é uma opção que oferece alívio rápido, geralmente em 1-2 minutos. No entanto, é importante considerar os efeitos do fumo na saúde pulmonar.

Tinturas: tinturas de maconha são líquidos à base de maconha que podem ser colocados sob a língua e engolidos. A absorção através das membranas mucosas proporciona resultados mais rápidos.

Comestíveis: alimentos infundidos com maconha produzem uma resposta mais lenta, pois a absorção ocorre através do sistema digestivo. No entanto, os efeitos podem durar mais tempo e oferecer um alívio prolongado.

Tópicos: produtos tópicos, como cremes ou pomadas, aplicados diretamente na área afetada, oferecem alívio localizado. A absorção ocorre na pele, proporcionando um efeito específico no local da lesão.

Cada método de uso tem suas próprias características, e a escolha depende das preferências pessoais, das necessidades do paciente e das considerações de saúde!

 

E aí, gostou dessas informações?

A maconha pode ser uma ferramenta incrível para lidar com diferentes condições. Mas não esqueça de que nada que falamos aqui substitui uma opinião profissional. Por isso, se a dor nas costas anda incomodando você, procure um médico, ok?

Não esqueça de nos seguir no Instagram @girlsingreen710 para mais conteúdo cheio de qualidade.

Até a próxima!

 

FAQ

O que é dor nas costas, quais seus tipos e intensidades?

A dor nas costas é uma sensação desconfortável na região dorsal, podendo ser aguda ou crônica, leve a intensa.

O que pode causar a dor nas costas?

Lesões, problemas estruturais, má postura, condições médicas e fatores psicossociais podem causar dor nas costas.

A maconha pode ajudar a aliviar a dor nas costas?

Sim! Estudos apontam que os canabinoides podem atuar nos receptores CB1 presentes principalmente no sistema nervoso central e CB2, mais prevalentes no sistema imunológico e tecidos periféricos. A ativação desses receptores pode modular a transmissão de sinais de dor e reduzir a inflamação.

Como usar maconha para dor nas costas?

A maconha pode ser inalada, consumida em comestíveis, aplicada topicamente ou usada em tinturas para aliviar a dor nas costas. Consulte um profissional de saúde antes de considerar qualquer método.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments