GIRLS IN GREEN

Lavar o prensado? Parece algo plausível? Nós viemos aqui defender o quanto essa lavada pode ser considerada uma estratégia de redução de danos, ao mesmo tempo que não se chapa menos…

Florzine nos conta que nunca mais olhou o prensado com os mesmo olhos depois que, em 2017, viu uma reportagem chamada “Como nasce o prensado“, da Agência Pública. O sistema proibicionista que vivemos tem uma relação direta com a qualidade da cannabis que chega para as pessoas, que assim como nós, também fumam um baseadinho.

Muitos nem sabem que a maconha mesmo não é um bloco prensado, e sim uma florzinha bela, esbelta e brilhante como Florzine. Por isso hoje, nossa flor favorita vem aqui trazer uma estratégia de Redução de Danos super importante para que seja mais fácil achar esses famosos camarões dentro dos tijolinhos de prensado, e ao mesmo tempo eliminar muitas das impurezas nesse processo. A recomendação é: LAVAR O SEU PRENSADO!

Diferente, não é? A gente já ouviu isso aqui: “Lavar a maconha? Tão doidas meninas?” e nossa resposta foi que estamos é doidas pelas estratégias de RD.

Se você já tem experiência no universo canábico da América do Sul, certamente já deve ter ouvido falar sobre isso. Embora possa parecer meio estranho para alguns, esse processo na verdade é super benéfico para quem não tem como consumir sempre a cannabis em seu estado mais puro e natural.

Ficou a fim de saber como reduzir os danos para fumar o prensadinho? A gente te explica aqui!

Por que lavar o prensado?

Como vivemos em um sistema proibicionista, a maconha que chega para a gente é praticamente toda fruto de mercado irregular. Isso significa que não existe um controle de qualidade para essa substância, seja para a produção, transporte ou armazenamento. Para facilitar o transporte e o armazenamento, ela é PRENSADA. Mas, em todo o processo de colheita, secagem, prensa, armazenamento e transporte até virarem bloquinhos – a QUALIDADE é drasticamente afetada. Sujeira, umidade e calor são muito comuns durante essas etapas, o que faz mal não apenas para a cannabis, mas também para a nossa saúde.

E é aí que a lavagem entra: através dela, é possível tirar resíduos de terra, insetos e amônia (liberada pela decomposição da maconha, que pode também ser um indicativo de mofo); numa tentativa de restaurar as preciosas florzinhas; melhorar o sabor do fumo; e dar mais leveza ao beck, e ainda reduzir os impactos das toxinas na garganta.

E um MITO muito grande: os canabinóides são LIPOSSOLÚVEIS – isso é, solúvel em óleos (como manteigas, óleo de coco) e não em água. Por isso, não vai perder o THC ou chapar menos! O que pode deixar alguém menos chapado é a tolerância devido ao uso contínuo. Fica a dica!

  • Quando lavamos a cannabis, ela pode sim perder um pouco do cheiro – em partes, por causa da limpeza de detritos e resquícios de amônia, e também pela volatilidade dos terpenos. Mas garantimos que isso não afeta a brisa.

Lavando o seu prensado

O passo a passo é bem simples:

  • Antes de começar, tenha em mente que é necessário controlar a temperatura da água – afinal, não queremos comprometer a erva. Para isso, procure um termômetro de cozinha, e mantenha a água entre 75 e 80ºC. A quantidade de água deve ser suficiente para cobrir a erva.

  • Coloque a cannabis em um prato ou pote de vidro, e despeje a água quente delicadamente sobre ela. Você já vai conseguir ver os camarões se soltando e se hidratando.

  • Você pode repetir esse processo até três vezes, até achar que ela está suficientemente limpa.

  • Depois de lavar, separe a maconha das impurezas soltas pela água. Pegue todos os camarões da erva e coloque em uma peneira; em seguida, aperte delicadamente para tirar o excesso de água.

Nossos leitores tem sempre as melhores dicas, e por isso sempre fazemos questão de incluir quando nos falam uma muito boa!

A dica do Junior é de separar um pouquinho da erva antes de lavar, o processo de secagem pode levar alguns dias e não queremos que você fique sem ganja!

Secagem e armazenamento

Prensado limpinho, coisa linda! A gente tem um texto sobre como secar o seu hash que tem uma lógica parecida. Voltando para o pren, essa é a hora de secar bem nossa erva para evitar o mofo. Você pode fazer isso naturalmente, deixando ela no em uma superfície que faça absorção (pode ser cartolina, papel toalha ou até mesmo um pano), em um ambiente arejado, com temperatura amena e baixa umidade até que ela seque totalmente. Caso queira dar uma apressada nas coisas, coloque um papel toalha por baixo e outro por cima da maconha, e coloque um objeto mais pesado em cima. Troque os papéis sempre que achar necessário, até ela ter se livrado de todo o resto de água.

Agora, algumas diquinhas:

  • Depois de totalmente seca, pode consumir ou guardar em um pote fechado hermeticamente para conservar bem a cannabis.

  • Lave seu prensado em um dia que não esteja tão úmido. Assim, ele vai secar mais rápido e tem menos chances de mofar!

  • Cuidado para não guardar as FLORZINES MOLHADAS, podem sair cogumelos dela.

  • Como já falamos ali em cima, embora algumas pessoas não saibam, o próprio cheiro de amônia pode ser um indicativo de que sua cannabis está mofada. Por isso, todo cuidado é pouco na secagem e no armazenamento!

  • Achou sementinhas no meio do prensado? Você pode cultivá-las!

  • O melhor local para guardar sua cannabis é em um recipiente escuro, hermeticamente fechado – de preferência em aço inoxidável ou vidro. Assim, sua erva não vai ficar exposta ao ar externo e nem à luz, que podem ir diminuindo a concentração de THC com o passar do tempo.

Ih, mofou! E agora?

Quando a cannabis já está mofada, não há o que fazer: jogue fora! Fumar ou utilizá-la de qualquer outra forma nessa condição pode trazer muitos danos para o seu pulmão, desde alergias respiratórias até infecções fúngicas possivelmente fatais (sim, é BEM bad).

Infelizmente, é extremamente comum encontrar mofo no prensado. As dinâmicas do mercado irregular dificultam o controle de qualidade da mercadoria. O transporte e as formas de armazenamento acabam sendo feitas em ambientes úmidos e com temperaturas altas. Essas são as condições perfeitas para os fungos!

  • O botrytis (mofo cinza ou marrom) germina apenas no tecido úmido da planta quando a temperatura está entre 13 e 21°C, e pode atacar o prensado. Um sinal claro de atividade bacteriana anaeróbica é um forte odor de amônia.

Dessa forma, quando o prensado chega nas mãos dos usuários, pode já ter mofo, ou pode estar úmido. Se você sentir que o seu pren está um pouco úmido, siga o passo a passo, lave-o e seque bem em um ambiente ventilado antes de armazenar corretamente.

Curtiu a dica? Repasse essa informação para seus companheiros canábicos.

Afinal, viagem boa é viagem segura!

A Florzine volta na próxima quarta-feira do autocuidado. Até mais!

guest
110 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
beauvoir.records@gmail.com
2 anos atrás

gratidão

meriscala@gmail.com
2 anos atrás

a gente que agradece você por aqui!

marcoscruzendlich@gmail.com
2 anos atrás

Obrigado, só acho que poderiam dar outras maneiras de secar e tambem colocar imagens na postagem, iria ficar mais didático. Mas otima postagem mesmo assim, obrigado novamente.

meriscala@gmail.com
2 anos atrás

Oi Marcos, tudo bom Gostamos tanto do seu comentário, que seguimos todas as suas recomendações!! Vem dar uma olhada no novo material e nos conta se você curtiu!

lualobo90@gmail.com
2 anos atrás

Oi, meninas! Antes de tudo, vocês arrasam demais! Muito obrigada por tanto conteúdo valioso!
A minha dúvida é: se a intenção é fazer extração de óleo, preciso esperar a erva secar ou posso pôr no álcool ainda úmida da lavagem? Muito obrigada desde já 🙂
Grande beijo

meriscala@gmail.com
2 anos atrás

Oi Lua, tudo bom? Obrigada <3
O ideal é esperar secar para fazer o óleo, Você vai ter problemas se colocar ainda umida!

kun.contato@gmail.com
2 anos atrás

Ótimo texto, mas faltou uma dica super importante: não lavem toda a sua erva, separe um pouquinho antes, pois o processo de secagem pode chegar a demorar alguns dias.. hahahah

meriscala@gmail.com
2 anos atrás

Junior, a gente gostou tanto do seu comentário que até incluímos no texto!! Arrasou 🙂

vinicius.rochaalves98@gmail.com
2 anos atrás

Conteúdo extremamente informativo e útil. Eu já tinha o hábito de lavar os prensados que eu conseguia, mas nunca é demais pesquisar por aperfeiçoamento dos métodos. Muito obrigado, garotas, vocês fazem um ótimo trabalho!

meriscala@gmail.com
2 anos atrás

Boa Vinicius, que massa que você já tinha esse hábito! Ensina pros amigues e vamos compartilhar a RD pelo Brasil todo!

izzy.maquiadora@gmail.com
1 ano atrás

Obrigada pelo conteúdo. Se for um pedaço grande e só tiver um pouco de mofo na superfície de um lado, posso cortar a parte notada e conservar o restante?

jessicamoura968@gmail.com
1 ano atrás

Em uma aula do curso de biologia, meu professor que trabalha com fungos deu um exemplo com pão. Ele disse que quando você consegue vizualizar o fungo em alguma parte do pão quer dizer que o processo de colonização do fungo ja esta bastante avançado,ou seja,todo o pão ja estã mofado e aquela é apenas a parte visivel do fungo, sendo assim não adianta cortar o pão e procurar por partes onde você não enxergue o mofo,tem que jogar o pão fora.

Thaylopees12@gmail.com
1 ano atrás

Super didático! Eu queria tirar uma dúvida, minha erva já era natural e passei uma semana sem mexer nela e aí ela criou em várias partes uma camada superficial cinza (começo do morfo??) e eu fiz a lavagem como se fosse um prensado hoje fui ver se já estava totalmente seca e ela tá com um cheiro um tanto quanto diferente. Pode ser porque lavei Ou será que ela não presta mais?

mmmarley4i20@gmail.com
1 ano atrás

Dica,se tua erva mofou,pega álcool 70 ou acima disso,e dá uma borrifada em cada lado da sua flor,e deixa secar,alguns poucos minutos no sol,mas bem poucos mesmo,apenas para o álcool evaporar,depois coloca ela pra secar mais um pouco na sombra,depois que tiver totalmente seca,e só partir pra o abraço,tira todo o mofo assim

simonettibia@gmail.com
1 ano atrás

Amei o post! Obrigada por sempre espalharem a palavra da RD <3
Rola lavar um pren já dichavado? Existe alguma desvantagem?

rodrigomussi@gmail.com
1 ano atrás

Eu sei que vai parecer um pergunta idiota, mas como eu sei que já secou? pq eu lavei e nao sei como aferir isso kkkk

maykelmec@gmail.com
1 ano atrás

cara se minha erva ficou mt perto de veneno de mosquito faz mal eu fumar ou bongar ?

isabeladibiancos@gmail.com
1 ano atrás

Se ela estiver levemente mofada, vale a pena lavar ? Da uma do jogar fora RS 🙁

oliveirafariarafael@gmail.com
1 ano atrás

Aconteceu algo parecido comigo, eu deixei dois dias e algumas horas mas não secou por completo, mas achando que tava seco, eu guardei em um plástico, ficou mais ou menos dois dias e meio guardado. Aí quando abri ontem eu vi algumas manchas brancas, mas o cheiro ainda estava bom. Pra saber se tá mofado mesmo testa pelo cheiro, se tiver um cheiro muito ruim tem que jogar fora, se não tiver, use a técnica do cartão. Eu fiz isso e deu certo. Além de estar gostosa a erva, eu tive uma brisa boa. : )

Amélia@email.com
8 meses atrás

Queria saber também, minha intenção é lavar o prensado para usar com culinária, obrigada.

Amélia@email.com
8 meses atrás

Queria saber também, minha intenção é lavar o prensado para usar com culinária, obrigada.

oliveirafariarafael@gmail.com
1 ano atrás

Adorei a técnica, tentei e deu certo! Eu tenho uma sugestão que usei e deu certo também: quando colocar pra secar, adicione dois pedaços de carvão na borda do prato que o carvão absorve a umidade deixando bem mais prático no processo de secagem.

marcosrmcontato@gmail.com
1 ano atrás

Um dos melhores conteúdos que vi até o momento, é triste precisar desse tipo de ajuda mais é bom encontrar pessoas que se importam e criam conteúdos que literalmente salvam nosso corre ! Vlw!!!

isabelatomain@gmail.com
1 ano atrás

cara eu já lavei 3 vezes, eu acho ótimo saber que tô fumando uma maconha limpa, e armazeno elas em potes de vidro dentro de um armário longe de sol e umidade. só que em todas as três vezes que lavei, por morar em lugar quente elas secaram da noite pro dia só que ficaram MUITO secas, tipo eu pego o bud e quebro ele no meio com facilidade. o que faço pra não ficar tão seca assim??

guilhermefavaretto@hotmail.com
1 ano atrás

Isa, também passo pelo mesmo. Eu lavava, deixava secando e quando acordava no outro dia tava praticamente esfarelando. Minha solução foi começar a lavar logo no começo do dia e vc ir checando o quão seco fica até ficar na umidade ideal, sempre lembrando de não guardar muito molhado se não dá ruim e terá q jogar tudo no lixo

leticiaheinzmann@gmail.com
1 ano atrás

meninas, sabem me dizer se lavo até a água sair bem limpinha ou tem um número máximo de vezes pra lavar?

Nadia
Nadia
1 ano atrás

Oi gente! Amei! Posso lavar e já descarboxilar? Obrigada!

Amélia@email.com
8 meses atrás
Reply to  Nadia

Queria saber também, minha intenção é lavar o prensado para usar com culinária, obrigada.

eltheopc@gmail.com
1 ano atrás

Uma boa dica é q na hora da secagem colocar alguma casca de fruta junto do papel toalha em que está inserida a cannabis lavada. Após seca os brotinhos ficam com um cheiro e sabor da fruta. Recomendo fortemente casca de bergamota ou de maçã.

l
l
1 ano atrás

Já tinha ouvido falar sobre só não entendia a importência. Muito boa a publicação, as imagens complementaram bem

beauvoir.records@gmail.com
2 anos atrás

gratidão

meriscala@gmail.com
2 anos atrás

a gente que agradece você por aqui!

marcoscruzendlich@gmail.com
2 anos atrás

Obrigado, só acho que poderiam dar outras maneiras de secar e tambem colocar imagens na postagem, iria ficar mais didático. Mas otima postagem mesmo assim, obrigado novamente.

meriscala@gmail.com
2 anos atrás

Oi Marcos, tudo bom Gostamos tanto do seu comentário, que seguimos todas as suas recomendações!! Vem dar uma olhada no novo material e nos conta se você curtiu!

lualobo90@gmail.com
2 anos atrás

Oi, meninas! Antes de tudo, vocês arrasam demais! Muito obrigada por tanto conteúdo valioso!
A minha dúvida é: se a intenção é fazer extração de óleo, preciso esperar a erva secar ou posso pôr no álcool ainda úmida da lavagem? Muito obrigada desde já 🙂
Grande beijo

meriscala@gmail.com
2 anos atrás

Oi Lua, tudo bom? Obrigada <3
O ideal é esperar secar para fazer o óleo, Você vai ter problemas se colocar ainda umida!

kun.contato@gmail.com
2 anos atrás

Ótimo texto, mas faltou uma dica super importante: não lavem toda a sua erva, separe um pouquinho antes, pois o processo de secagem pode chegar a demorar alguns dias.. hahahah

meriscala@gmail.com
2 anos atrás

Junior, a gente gostou tanto do seu comentário que até incluímos no texto!! Arrasou 🙂

vinicius.rochaalves98@gmail.com
2 anos atrás

Conteúdo extremamente informativo e útil. Eu já tinha o hábito de lavar os prensados que eu conseguia, mas nunca é demais pesquisar por aperfeiçoamento dos métodos. Muito obrigado, garotas, vocês fazem um ótimo trabalho!

meriscala@gmail.com
2 anos atrás

Boa Vinicius, que massa que você já tinha esse hábito! Ensina pros amigues e vamos compartilhar a RD pelo Brasil todo!

izzy.maquiadora@gmail.com
1 ano atrás

Obrigada pelo conteúdo. Se for um pedaço grande e só tiver um pouco de mofo na superfície de um lado, posso cortar a parte notada e conservar o restante?

jessicamoura968@gmail.com
1 ano atrás

Em uma aula do curso de biologia, meu professor que trabalha com fungos deu um exemplo com pão. Ele disse que quando você consegue vizualizar o fungo em alguma parte do pão quer dizer que o processo de colonização do fungo ja esta bastante avançado,ou seja,todo o pão ja estã mofado e aquela é apenas a parte visivel do fungo, sendo assim não adianta cortar o pão e procurar por partes onde você não enxergue o mofo,tem que jogar o pão fora.

Thaylopees12@gmail.com
1 ano atrás

Super didático! Eu queria tirar uma dúvida, minha erva já era natural e passei uma semana sem mexer nela e aí ela criou em várias partes uma camada superficial cinza (começo do morfo??) e eu fiz a lavagem como se fosse um prensado hoje fui ver se já estava totalmente seca e ela tá com um cheiro um tanto quanto diferente. Pode ser porque lavei Ou será que ela não presta mais?

mmmarley4i20@gmail.com
1 ano atrás

Dica,se tua erva mofou,pega álcool 70 ou acima disso,e dá uma borrifada em cada lado da sua flor,e deixa secar,alguns poucos minutos no sol,mas bem poucos mesmo,apenas para o álcool evaporar,depois coloca ela pra secar mais um pouco na sombra,depois que tiver totalmente seca,e só partir pra o abraço,tira todo o mofo assim

simonettibia@gmail.com
1 ano atrás

Amei o post! Obrigada por sempre espalharem a palavra da RD <3
Rola lavar um pren já dichavado? Existe alguma desvantagem?

rodrigomussi@gmail.com
1 ano atrás

Eu sei que vai parecer um pergunta idiota, mas como eu sei que já secou? pq eu lavei e nao sei como aferir isso kkkk

maykelmec@gmail.com
1 ano atrás

cara se minha erva ficou mt perto de veneno de mosquito faz mal eu fumar ou bongar ?

isabeladibiancos@gmail.com
1 ano atrás

Se ela estiver levemente mofada, vale a pena lavar ? Da uma do jogar fora RS 🙁

oliveirafariarafael@gmail.com
1 ano atrás

Aconteceu algo parecido comigo, eu deixei dois dias e algumas horas mas não secou por completo, mas achando que tava seco, eu guardei em um plástico, ficou mais ou menos dois dias e meio guardado. Aí quando abri ontem eu vi algumas manchas brancas, mas o cheiro ainda estava bom. Pra saber se tá mofado mesmo testa pelo cheiro, se tiver um cheiro muito ruim tem que jogar fora, se não tiver, use a técnica do cartão. Eu fiz isso e deu certo. Além de estar gostosa a erva, eu tive uma brisa boa. : )

oliveirafariarafael@gmail.com
1 ano atrás

Adorei a técnica, tentei e deu certo! Eu tenho uma sugestão que usei e deu certo também: quando colocar pra secar, adicione dois pedaços de carvão na borda do prato que o carvão absorve a umidade deixando bem mais prático no processo de secagem.

marcosrmcontato@gmail.com
1 ano atrás

Um dos melhores conteúdos que vi até o momento, é triste precisar desse tipo de ajuda mais é bom encontrar pessoas que se importam e criam conteúdos que literalmente salvam nosso corre ! Vlw!!!

isabelatomain@gmail.com
1 ano atrás

cara eu já lavei 3 vezes, eu acho ótimo saber que tô fumando uma maconha limpa, e armazeno elas em potes de vidro dentro de um armário longe de sol e umidade. só que em todas as três vezes que lavei, por morar em lugar quente elas secaram da noite pro dia só que ficaram MUITO secas, tipo eu pego o bud e quebro ele no meio com facilidade. o que faço pra não ficar tão seca assim??

guilhermefavaretto@hotmail.com
1 ano atrás

Isa, também passo pelo mesmo. Eu lavava, deixava secando e quando acordava no outro dia tava praticamente esfarelando. Minha solução foi começar a lavar logo no começo do dia e vc ir checando o quão seco fica até ficar na umidade ideal, sempre lembrando de não guardar muito molhado se não dá ruim e terá q jogar tudo no lixo

leticiaheinzmann@gmail.com
1 ano atrás

meninas, sabem me dizer se lavo até a água sair bem limpinha ou tem um número máximo de vezes pra lavar?

eltheopc@gmail.com
1 ano atrás

Uma boa dica é q na hora da secagem colocar alguma casca de fruta junto do papel toalha em que está inserida a cannabis lavada. Após seca os brotinhos ficam com um cheiro e sabor da fruta. Recomendo fortemente casca de bergamota ou de maçã.

beauvoir.records@gmail.com
2 anos atrás

gratidão

meriscala@gmail.com
2 anos atrás

a gente que agradece você por aqui!

marcoscruzendlich@gmail.com
2 anos atrás

Obrigado, só acho que poderiam dar outras maneiras de secar e tambem colocar imagens na postagem, iria ficar mais didático. Mas otima postagem mesmo assim, obrigado novamente.

meriscala@gmail.com
2 anos atrás

Oi Marcos, tudo bom Gostamos tanto do seu comentário, que seguimos todas as suas recomendações!! Vem dar uma olhada no novo material e nos conta se você curtiu!

lualobo90@gmail.com
2 anos atrás

Oi, meninas! Antes de tudo, vocês arrasam demais! Muito obrigada por tanto conteúdo valioso!
A minha dúvida é: se a intenção é fazer extração de óleo, preciso esperar a erva secar ou posso pôr no álcool ainda úmida da lavagem? Muito obrigada desde já 🙂
Grande beijo

meriscala@gmail.com
2 anos atrás

Oi Lua, tudo bom? Obrigada <3
O ideal é esperar secar para fazer o óleo, Você vai ter problemas se colocar ainda umida!

kun.contato@gmail.com
2 anos atrás

Ótimo texto, mas faltou uma dica super importante: não lavem toda a sua erva, separe um pouquinho antes, pois o processo de secagem pode chegar a demorar alguns dias.. hahahah

meriscala@gmail.com
2 anos atrás

Junior, a gente gostou tanto do seu comentário que até incluímos no texto!! Arrasou 🙂

vinicius.rochaalves98@gmail.com
2 anos atrás

Conteúdo extremamente informativo e útil. Eu já tinha o hábito de lavar os prensados que eu conseguia, mas nunca é demais pesquisar por aperfeiçoamento dos métodos. Muito obrigado, garotas, vocês fazem um ótimo trabalho!

meriscala@gmail.com
2 anos atrás

Boa Vinicius, que massa que você já tinha esse hábito! Ensina pros amigues e vamos compartilhar a RD pelo Brasil todo!

izzy.maquiadora@gmail.com
1 ano atrás

Obrigada pelo conteúdo. Se for um pedaço grande e só tiver um pouco de mofo na superfície de um lado, posso cortar a parte notada e conservar o restante?

jessicamoura968@gmail.com
1 ano atrás

Em uma aula do curso de biologia, meu professor que trabalha com fungos deu um exemplo com pão. Ele disse que quando você consegue vizualizar o fungo em alguma parte do pão quer dizer que o processo de colonização do fungo ja esta bastante avançado,ou seja,todo o pão ja estã mofado e aquela é apenas a parte visivel do fungo, sendo assim não adianta cortar o pão e procurar por partes onde você não enxergue o mofo,tem que jogar o pão fora.

Thaylopees12@gmail.com
1 ano atrás

Super didático! Eu queria tirar uma dúvida, minha erva já era natural e passei uma semana sem mexer nela e aí ela criou em várias partes uma camada superficial cinza (começo do morfo??) e eu fiz a lavagem como se fosse um prensado hoje fui ver se já estava totalmente seca e ela tá com um cheiro um tanto quanto diferente. Pode ser porque lavei Ou será que ela não presta mais?

mmmarley4i20@gmail.com
1 ano atrás

Dica,se tua erva mofou,pega álcool 70 ou acima disso,e dá uma borrifada em cada lado da sua flor,e deixa secar,alguns poucos minutos no sol,mas bem poucos mesmo,apenas para o álcool evaporar,depois coloca ela pra secar mais um pouco na sombra,depois que tiver totalmente seca,e só partir pra o abraço,tira todo o mofo assim

simonettibia@gmail.com
1 ano atrás

Amei o post! Obrigada por sempre espalharem a palavra da RD <3
Rola lavar um pren já dichavado? Existe alguma desvantagem?

rodrigomussi@gmail.com
1 ano atrás

Eu sei que vai parecer um pergunta idiota, mas como eu sei que já secou? pq eu lavei e nao sei como aferir isso kkkk

Pedro
Pedro
14 dias atrás

Eu sinto a capacidade de “esponja” de aperta e ela voltar ao normal ou esfarelar porque tá seca demais. Pra mim o ponto é assim que soltar, iniciar a volta em menos de 1 seg ou 1seg. Porque se secar mais que isso vira pó, além disso, da pra dichaxar meio úmida ainda e terminar de secar, mas aí a chance de passar é bem alta

maykelmec@gmail.com
1 ano atrás

cara se minha erva ficou mt perto de veneno de mosquito faz mal eu fumar ou bongar ?

isabeladibiancos@gmail.com
1 ano atrás

Se ela estiver levemente mofada, vale a pena lavar ? Da uma do jogar fora RS 🙁

oliveirafariarafael@gmail.com
1 ano atrás

Aconteceu algo parecido comigo, eu deixei dois dias e algumas horas mas não secou por completo, mas achando que tava seco, eu guardei em um plástico, ficou mais ou menos dois dias e meio guardado. Aí quando abri ontem eu vi algumas manchas brancas, mas o cheiro ainda estava bom. Pra saber se tá mofado mesmo testa pelo cheiro, se tiver um cheiro muito ruim tem que jogar fora, se não tiver, use a técnica do cartão. Eu fiz isso e deu certo. Além de estar gostosa a erva, eu tive uma brisa boa. : )

oliveirafariarafael@gmail.com
1 ano atrás

Adorei a técnica, tentei e deu certo! Eu tenho uma sugestão que usei e deu certo também: quando colocar pra secar, adicione dois pedaços de carvão na borda do prato que o carvão absorve a umidade deixando bem mais prático no processo de secagem.

marcosrmcontato@gmail.com
1 ano atrás

Um dos melhores conteúdos que vi até o momento, é triste precisar desse tipo de ajuda mais é bom encontrar pessoas que se importam e criam conteúdos que literalmente salvam nosso corre ! Vlw!!!