Redução de Danos

KUMBAYÁ: QUAIS SEUS USOS, BENEFÍCIOS E COMO FAZER?

O kumbayá pode ser aliado de quem tá querendo se livrar do tabaco e trazer outros benefícios terapêuticos e medicinais para o beck. Aqui, a gente explica!

Você já deve ter ouvido falar de kumbayá por aí, ou até experimentado na rodinha com os amigos. Com um sabor bem herbal e gostosinho, esse mix ganhou o coração de muitas pessoas por ser uma alternativa menos danosa que o tabaco para nossos queridos pulmões. Mas afinal, o que é kumbayá e do que ele é feito?

A verdade é que existem diferentes tipos de kumbayá, e cada blend traz ervas com poderes distintos. Tem gente que prefere mais doce ou mais aromática, e outros que preferem selecionar as ervas de acordo com propriedades específicas. Não existe regra quando o rolê é kumbayá, e ele pode ser bem personalizado quando você deseja fazer o seu em casa, com ervinhas do próprio jardim!

Hoje, vamos falar mais sobre o kumbayá e suas propriedades e possíveis benefícios. Também vamos contar para você como fazer e como escolher as ervas que vão parar no seu. Bora conferir tudo isso?

 

O que é kumbayá?

Kumbayá é um blend de ervas utilizado para fumar! Esse blend é composto por uma mistura de diferentes plantas e ervas, cada uma contribuindo com seus próprios sabores, aromas e propriedades terapêuticas. É bem popular entre aqueles que buscam uma experiência de fumar mais natural ou estão tentando reduzir ou parar o consumo de tabaco.

E o termo “Kumbayá” tem uma origem muito interessante, bonita e triste ao mesmo tempo: é derivado da expressão “Come By Here” no dialeto Gullah, falado pelos afro-americanos da região costeira do sudeste dos Estados Unidos. A expressão foi simplificada foneticamente na forma como os falantes nativos a pronunciavam.

Existe um cântigo espiritual afro-americano com esse mesmo nome. É uma música tradicional que pede a Deus para vir e ajudar na hora de necessidade. Ela foi popularizada durante o movimento pelos direitos civis nos Estados Unidos na década de 1960. 

Embora não se saiba exatamente se o termo “Kumbayá” utilizado para o blend de ervas está diretamente relacionado com a origem e o significado da palavra “Kumbaya”, pode-se especular que a escolha do nome seja inspirada pelo espírito de calma, união e bem-estar que a canção tradicional evoca. Esse espírito de comunidade e tranquilidade se alinha bem com o propósito de criar uma experiência relaxante com o uso dessa mistura de ervas!

 

Como se usa kumbayá?

kumbayá
O blend de ervas pode ser usado de várias formas. Imagem: Girls in Green.

Há várias maneiras de usar kumbayá, dependendo das suas preferências pessoais. Alguns dos nossos exemplos favoritos são:

No cigarro de ervas ou beck

Você pode comprar cigarros de kumbayá prontos ou usar o mix para enrolar seu baseado. Ele é perfeito para substituir o tabaco ou até mesmo a flor, caso você estiver bolando com haxixe. Para preparar, basta fazer a mistura em uma cuia, transferir para uma seca de qualidade, posicionar sua piteira longa e o filtro, e botar fogo.

Cachimbo

Também é possível usar seu blend de ervas em cachimbos ou pipes. Para isso, coloque uma pequena quantidade da mistura no cachimbo. Não compacte demais as ervas para permitir um fluxo de ar adequado! Acenda as ervas e puxe a fumaça gentilmente. 

Lembrando: utilize cachimbos de vidro, madeira ou cerâmica para uma melhor experiência. Nada de plástico ou materiais de baixa qualidade não, viu?

Vaporizador

O vaporizador para ervas secas pode ser tudinho de bom. Nele, você pode selecionar temperaturas mais baixas, o que ajuda muito a reduzir danos ao evitar a carburação das duas ervas. Para usar seu kumbayá vaporizado, basta colocá-lo na câmara, selecionar a temperatura que você deseja, e voilà!

Você também pode misturar com a sua maconha e vaporizar tudo junto. Aqui, falamos sobre os benefícios da vaporização!

 

Quais os benefícios do kumbayá?

Os blends de ervas como o kumbayá podem oferecer vários benefícios, especialmente quando usados como alternativa ao tabaco! Por exemplo:

  • Zero nicotina: uma das maiores vantagens é que blends de ervas como o kumbayá não contêm nicotina, a substância viciante presente no tabaco. Isso pode ajudar as pessoas a reduzir ou parar o uso de produtos de tabaco sem sofrer os efeitos colaterais.
  • Propriedades terapêuticas das ervas: as ervas utilizadas no kumbayá podem ter várias propriedades benéficas. Existem opções mais calmantes (camomila), anti-inflamatórias (hortelã-pimenta), ou até digestivas (funcho).
  • Aromaterapia: o aroma natural das ervas pode ter efeitos calmantes e revigorantes, dependendo das plantas utilizadas. E quem não curte dar aquela defumadinha com ervas na casa?
  • Variedade de sabores e aromas: a mistura de diferentes ervas cria uma experiência de fumar mais rica e variada, com sabores e aromas únicos que não são encontrados no tabaco tradicional.
  • Rituais e meditação: fumar ervas pode fazer parte de práticas espirituais e de meditação, ajudando a alcançar um estado de relaxamento e introspecção.

 

Como fazer seu kumbayá

Fazer seu mix é bem fácil: basta ficar de olho nas proporções! Imagem: Girls in Green.

Fazer um blend de ervas como kumbayá para fumar envolve a seleção cuidadosa de ervas que ofereçam benefícios específicos, combinando sabores e propriedades terapêuticas. Para ajudar nisso, bolamos um breve guia para criar seu próprio blend:

Passo a passo

Primeiro passo: seleção das ervas

Escolha ervas que sejam seguras para fumar e que ofereçam os benefícios desejados. 

Segundo passo: proporção das ervas

Decida a proporção de cada erva no seu blend. Uma combinação equilibrada pode ser:

  • 40% de erva base;
  • 30% de ervas principais;
  • 20% de ervas de sabor e aroma;
  • 10% de ervas complementares.

Terceiro passo: preparação das ervas

Certifique-se de que todas as ervas estejam completamente secas antes de usá-las para fumar. Ervas úmidas podem não queimar corretamente! Depois, triture as ervas em pedaços pequenos e uniformes. Você pode usar um almofariz e pilão, um moedor de ervas ou até mesmo os dedos.

Combine as ervas em uma tigela grande, misturando bem para garantir que a distribuição seja uniforme.

Quarto passo: armazenamento

Armazene o blend em um recipiente hermético, como um frasco de vidro, para manter as ervas frescas e preservar suas propriedades. Mantenha o frasco em um local fresco, seco e escuro para evitar a degradação!

Exemplo de receitinha

  • 2 colheres de sopa de Mullein;
  • 1 colher de sopa de Camomila;
  • 1 colher de sopa de Lavanda;
  • 1/2 colher de sopa de Hortelã-pimenta;
  • 1/2 colher de sopa de Damiana;
  • 1 colher de chá de pétalas de Rosa;
  • 1 colher de chá de folhas de Erva-cidreira.

 

Quais ervas escolher?

Escolher as ervas certas para o seu blend de kumbayá depende dos benefícios que você está buscando e das suas preferências de sabor e aroma. Algumas ervas comuns usadas para isso são:

  • Camomila (Matricaria chamomilla): conhecida por suas propriedades calmantes, anti-inflamatórias e sedativas leves. Pode ajudar a reduzir o estresse, a ansiedade e promover um sono melhor.
  • Lavanda (Lavandula angustifolia): possui propriedades relaxantes e pode ajudar a aliviar a ansiedade, o estresse e melhorar o humor.
  • Hortelã-pimenta (Mentha piperita): refrescante e estimulante, pode ajudar a clarear a mente, melhorar a concentração e aliviar problemas respiratórios.
  • Damiana (Turnera diffusa): usada tradicionalmente como afrodisíaco e para melhorar o humor, também pode ajudar a aliviar a ansiedade.
  • Mullein (Verbascum thapsus): conhecida por suas propriedades benéficas para os pulmões, ajuda a suavizar a fumaça e pode aliviar problemas respiratórios.
  • Erva-cidreira (Melissa officinalis): calmante e antidepressiva, pode ajudar a reduzir o estresse e melhorar o humor.
  • Rosa (Rosa spp.): as pétalas de rosa são calmantes e podem ajudar a aliviar o estresse. Além disso, são ótimas para quem deseja um mix floral e aromático.
  • Sálvia (Salvia officinalis): tem propriedades antimicrobianas e pode ajudar a melhorar a memória e a concentração.
  • Folhas de Goiaba (Psidium guajava): possuem propriedades antissépticas e anti-inflamatórias, podendo ajudar a aliviar problemas respiratórios.
  • Calêndula (Calendula officinalis): anti-inflamatória e cicatrizante, pode ajudar a aliviar a dor de garganta e outras irritações respiratórias.

 

FAQ

O que é Kumbayá?

Kumbayá é um blend de ervas usado para fumar, que oferece uma alternativa natural ao tabaco e pode proporcionar benefícios terapêuticos dependendo das ervas selecionadas.

Quais são os benefícios de fumar Kumbayá?

Os benefícios incluem relaxamento, alívio do estresse, melhora do humor e propriedades anti-inflamatórias e digestivas, dependendo das ervas usadas.

Quais ervas são comuns em blends de Kumbayá?

Algumas ervas comuns são camomila, lavanda, hortelã-pimenta, damiana, mullein, erva-cidreira, pétalas de rosa, sálvia e calêndula.

Como preparar um blend de Kumbayá?

Escolha ervas secas e seguras para fumar, triture-as em pedaços pequenos e misture-as em proporções equilibradas. Armazene o blend em um recipiente hermético em local fresco e seco.

Como fumar Kumbayá?

Você pode fumar Kumbayá em cigarros de ervas, cachimbos ou vaporizadores. Certifique-se de fumar em um ambiente bem ventilado e com moderação.

Fumar Kumbayá é seguro?

Embora seja uma alternativa mais saudável ao tabaco, fumar qualquer substância pode afetar a saúde respiratória. Use ervas de alta qualidade e fume com moderação.

Onde posso comprar ervas para Kumbayá?

Ervas para blends de Kumbayá podem ser compradas em lojas de produtos naturais, lojas de ervas, ou online. Certifique-se de escolher produtos orgânicos e livres de pesticidas.

Posso fazer meu próprio blend de Kumbayá?

Sim, fazer seu próprio blend permite personalizar as ervas de acordo com suas preferências e necessidades específicas. Escolha ervas seguras e siga as proporções recomendadas.

Kumbayá pode ajudar a parar de fumar tabaco?

Muitos usam Kumbayá como uma alternativa ao tabaco para reduzir ou parar o uso de produtos de tabaco, já que não contém nicotina e oferece uma experiência de fumar diferente.

Existem efeitos colaterais ao fumar Kumbayá?

Possíveis efeitos colaterais incluem irritação das vias respiratórias, especialmente se fumado em excesso. Algumas pessoas podem ser alérgicas a certas ervas, então é importante conhecer as ervas usadas no blend.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments