GIRLS IN GREEN

Depois de germinar sua sementinha e passá-la para um ambiente mais definitivo, a exposição à luz é um cuidado essencial. Vamos aprender mais sobre o fotoperíodo em diferentes estágios da cannabis?

Assim como a gente, as nossas plantinhas também precisam de luz para viver bem. Para elas, é ainda mais importante: como aprendemos nas longínquas aulas de biologia, os vegetais fazem um processo chamado fotossíntese, através do qual se alimentam e tiram a energia para crescer. Com a cannabis, não é diferente: a cada estágio que a planta vive, ela passa a precisar de mais ou menos luz para cumprir suas funções vitais.

O fotoperíodo é justamente esse tempo de exposição, que você, como pai ou mãe de planta, vai fornecer a ela, ou se ela for outdoor, o nosso lindo astro rei, o sol . Sabemos que existem muitas diferenças também quanto ao estilo de cultivo que você escolheu – seja ele indoor ou outdoor. Hoje, viemos aqui te ajudar a desvendar essa questão fundamental.

Vem com a gente!

Sobre fotoperíodo e tipos de cannabis

Além de estar atento para a quantidade de luz durante cada fase da planta, também é necessário estar ciente das sementes que você está plantando. Se elas são regulares, seja qual for a strain, é importante saber que o fotoperíodo é o que define se a sua planta se encontrará no estado vegetativo ou na flora. 

Mas meninas, que estados são esses?

A vegetação, também conhecida como vega, diz respeito ao momento após a germinação, onde a sua plantinha ainda é mini, e começa a se desenvolver, esse estado é como a infância e adolescência da planta. É o tempo de desenvolver, crescer, desenvolver suas raízes até estar prontinha para começar a produção de florzinhas! A adolescência é isso, não é? Precisamos crescer e temos aquele desejo de aparecer. É por isso que é tão importante que ela esteja em um ambiente com espaço para as raízes, seja em um grow outdoor ou indoor. Nesse momento, a prioridade é que ela se fortaleça e fique bem saudável, nutrida e feliz.

Já a flora é como se fosse a idade adulta da planta, e diz respeito ao momento que a sua planta começa a desenvolver pistilos, que no futuro serão flores (se a planta for fêmea) ou desenvolver estames com pólen (se a planta for macho). Cada strain tem um tempo diferente para que suas flores cheguem à maturidade! Assim, é importante você já se preparar para colher um monte de buds gostosos e cheirosos em um futuro próximo. Acredite, a plantinha está se preparando para a mesma coisa! Mas é nessa hora também que você precisa dar atenção para algo que mencionamos no parágrafo anterior: o sexo das suas plantas..

  • Tipicamente, dentro das primeiras semanas de floração, as fêmeas desenvolvem pistilos, estruturas similares a pelos.

  • Já os machos desenvolvem bolinhas visíveis, como se fossem sacos nas plantas. O nome dessa estrutura é estamen e é lá que o pólen de desenvolve. Caso você veja ambos, pelinhos e bolinhas, você tem uma planta hermafrodita. Se for macho ou hermafrodita, você vai ter que dizer adeus a ela. A não ser que o seu ideal seja a produção de sementes. Sim, a gente também sente muito, mas é pro seu bem – e o bem dos seus futuros buds incríveis, já que se eles iniciarem a produção de sementes, grande parte da energia vai para esse fim.

  • Outro aspecto importante é, se você plantou sementes automáticas, elas vão passar menos tempo em casa fase – e vão florescer sem depender do fotoperíodo.

Agora que já explicamos isso, vamos passar para as diferenças das fases em cultivos indoor e outdoor.

Planta na fase vegetativa
Planta na fase vegetativa

Fotoperíodo no cultivo indoor

Se você escolher plantar indoor, provavelmente já viu o que você vai precisar estruturalmente para garantir um bom crescimento das suas plantinhas. As lâmpadas que você escolher são essenciais: elas que irão garantir a iluminação, e é importante você escolher o tipo que faça sentido para você, pensando tanto na cannabis quanto na conta de energia no fim do mês. Na semana passada nós falamos sobre as principais diferenças do cultivo indoor e outdoor, e em breve postaremos um material mais focado sobre iluminação indoor.

Depois qual caminho você quer percorrer no cultivo, é importante também pensar na equação de iluminação correspondendo com as suas fases de crescimento

O período vegetativo

Sua cannabis atinge o estado vegetativo a partir das duas semanas da germinação da semente.

Para se manter no estado vegetativo, as plantinhas precisam de pelo menos 18h de luz por dia. É isso que permite cultivadores indoor manterem a mesma planta mãe por anos (sim gente, existem plantas de muitos anos, acreditam? Mas precisa ter um dedo verde daqueles). Tem growers que recomendam deixar as plantinhas receberem luz 24h por dia. Isso pode reduzir em até 30% o seu tempo de crescimento – mas vai acarretar uma conta de eletricidade mais alta.

Nesta fase, a umidade relativa ideal é de cerca de 60 a 65%, dependendo de quais temperaturas são alcançáveis no espaço de cultivo. As plantas desejam não apenas certas temperaturas para o crescimento ideal, mas também umidades, porque a combinação é o que cria o que é conhecido como déficit de pressão de vapor. Esta é a relação relativa da pressão de vapor fora da folha em comparação com o interior da folha. Essa pressão de vapor, quando na faixa ideal, permite que a planta transpire na taxa mais alta possível e, por sua vez, cria a maior energia possível de crescimento possível. Gráfico VPD abaixo.

Temperaturas mais baixas, entre 20 e 24°C, podem promover mais fêmeas se estiver crescendo sementes normais.

Essa é a fase de acompanhar o crescimento das plantas, fazer os transplantes necessários até chegar no vaso final, pelo menos algumas semanas antes de começarem a florescer.

Tabela informativa de umidade do ar e temperatura
Tabela informativa de umidade do ar e temperatura

Dica importante: não fazer o transplante durante a flora, para mais informações acesse nosso texto sobre transplante.

Na floração

Normalmente, suas plantinhas de cannabis estarão prontas para a flora a partir das seis semanas do início do cultivo, mas vai da sua escolha alterar o seu fotoperíodo. Como dissemos acima, você pode prolongar a vega da plantinha caso ache que ela ainda pode crescer mais antes de começar a desenvolver florzinhas!

Existem alguns debates sobre como é feita a contagem de semanas da flora. Alguns contam quando os pistilos começam a aparecer; outros, quando mudam o fotoperíodo da planta. Tem quem fale na pré-flora, que pode durar de uma a duas semanas a partir do aparecimento dos órgãos reprodutores, e apenas depois dela começaria a contagem para a flora. Não há muito bem uma conclusão pra isso, já que cada grower pode fazer do seu jeito – mas nós, da GG, contamos a partir da mudança de fotoperíodo mesmo!

A floração dura geralmente entre 7 e 10 semanas para variedades de Indica e híbridas, enquanto as mais dominantemente Sativa podem levar de 10 até 14 semanas para amadurecer completamente seus buds. Nesse período, ela deve receber 12h de luz e 12h de escuridão – um ciclo 50/50.

A umidade relativa do seu grow precisa ser reduzida para 40-50%.

As temperaturas ideais para a flora ficam entre entre 20 e 28°C.

Infográfico de fases do cultivo indoor
Infográfico de fases do cultivo indoor

Fotoperíodo no cultivo outdoor

Enquanto no cultivo indoor é possível controlar perfeitamente todas as condições, sabemos que no outdoor isso é um grande desafio. A umidade e a temperatura ficam sempre por conta da natureza; mas podemos programar o plantio para que as estações do ano coincidam com as características climáticas que buscamos além do tempo disponível de luz para sua planta.O ideal é plantar na primavera para colher até o outono (do hemisfério onde você está, no caso).

Estar mais perto da linha do Equador torna as regiões perfeitas para plantar o ano todo. É o caso de partes do nordeste do Brasil, que produz bastante cannabis, e da Jamaica – país que visitamos para conhecer mais da relação com a erva. Imagina que beleza? Praias lindas, tropicalidade e cannabis crescendo o ano inteiro. Perfeito demais!

Pensando no Hemisfério Norte e Sul, quanto mais distante da linha do equador, menor será a sua temporada para crescer suas plantas de cannabis. Por isso, em muitos locais, as pessoas plantam a maconha de forma mista – começam indoor ou em um a greenhouse com luzes suplementares, levam para o lado de fora para florir. Isso ajuda a aumentar o tempo que essas plantinhas podem crescer!

Mas vamos ver aqui alguns detalhes interessantes:

No período vegetativo

O mais interessante é plantar suas sementinhas na primavera. Assim, quando elas mais precisam de luz (no estágio da vega), o verão já estará se aproximando e elas receberão o que necessitam do sol. No outdoor, é possível que suas plantas cresçam em um ritmo mais lento exatamente pelas limitações do fotoperíodo ao qual estarão expostas. Caso você deseje acelerar esse processo, pode fazer isso com luzes externas auxiliares. O fotoperíodo ideal, no entanto, continua o mesmo: 18h de luz e 6h no escuro.

No hemisfério sul, a Primavera inicia em 22 de setembro e vai até 21 de dezembro

Já no hemisfério norte, a Primavera começa entre 20 e 21 de março e termina entre os dias 22 e 23 de junho.

Infográfico de fases do cultivo outdoor
Infográfico de fases do cultivo outdoor

Na floração

Como na floração indoor, no outdoor as plantinhas também precisam receber menos luz solar para florescer. O ideal é 12/12, ou seja, metade do dia na luz, metade do dia no escuro. É provável que suas plantinhas passem a primavera e o verão em período de crescimento, na vega, e comecem a florescer quando as temperaturas amenizarem, no outono. Antes do inverno, você já poderá colher os seus buds incríveis.

Nossas dicas:

  • Tanto no cultivo indoor quanto outdoor, aconselhamos você a germinar suas sementes e fazer os transplante nos dias de flor do calendário da agricultura biodinâmica.

  • Os transplantes devem parar antes da flora!

  • Como falaremos mais adiante, o controle de pragas também muda conforme os estágios da planta. Afinal, na flora, você não vai querer fazer nada que possa comprometer os buds, certo?

  • Existem pessoas que mixam o cultivo, começando do lado de fora e depois levando para dentro de um grow indoor, ou vice-versa. Isso aumenta o tempo das temporadas e também possibilita ter dois ciclos rolando ao mesmo tempo – afinal, todo mundo quer colheita o ano todo não é?

  • O indoor possibilita colheita o ano todo pois você controla o fotoperíodo. Se você for um bom grower, você consegue fazer de 3 a 4 colheitas por ano.

  • Outdoor em muitos países é uma colheita por ano, e essas são chamadas de plantas “full term”.

  • Lembre-se de que a pressa é inimiga da perfeição. Espere sua plantinha estar bem estável e saudável para a flora, para colher os melhores buds.

Conseguimos tirar as suas dúvidas? Faltou algo? Pode perguntar pra gente nos comentários – estamos aqui é pra ajudar vocês a colherem buds lindos e perfeitos, de plantinhas saudáveis e cheias de vida.

guest
7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bergdeivid81@gmail.com
1 ano atrás

Admito que vocês conquistaram meu respeito.
Pois o conteúdo do guia informativo que acabei de ler realmente me escreveu todas as minhas duvidas.
Pois levo algum tempo já nesse ramo e até hoje foi uma das melhores explicações que eu parei para lê.
Vou tentar entrar em contato com vocês para que eu possa adquirir mais conhecimento e melhorar cada vez mais as minhas princesas.
(Obs: caso eu não consiga estabelecer contato deixo meu email .) [email protected]
Dês de já agradeço a atenção e fico aguardando mais informações.

Mateus
Mateus
1 ano atrás

Olá! Estou com umas plantinhas de 12 semanas de vida, saudáveis e bem desenvolvidas, que começaram a soltar uns pistilos mas muito lentamente. Eu não sei a origem das sementes, mas sinto que devem ser fotoperíodicas e por estarem outdoor não estão florindo. Como posso induzí-las na floração? Obrigado!

Bergdeivid81@gmail.com
1 ano atrás

Admito que vocês conquistaram meu respeito.
Pois o conteúdo do guia informativo que acabei de ler realmente me escreveu todas as minhas duvidas.
Pois levo algum tempo já nesse ramo e até hoje foi uma das melhores explicações que eu parei para lê.
Vou tentar entrar em contato com vocês para que eu possa adquirir mais conhecimento e melhorar cada vez mais as minhas princesas.
(Obs: caso eu não consiga estabelecer contato deixo meu email .) [email protected]
Dês de já agradeço a atenção e fico aguardando mais informações.

Bergdeivid81@gmail.com
1 ano atrás

Admito que vocês conquistaram meu respeito.
Pois o conteúdo do guia informativo que acabei de ler realmente me escreveu todas as minhas duvidas.
Pois levo algum tempo já nesse ramo e até hoje foi uma das melhores explicações que eu parei para lê.
Vou tentar entrar em contato com vocês para que eu possa adquirir mais conhecimento e melhorar cada vez mais as minhas princesas.
(Obs: caso eu não consiga estabelecer contato deixo meu email .) [email protected]
Dês de já agradeço a atenção e fico aguardando mais informações.

Deivid Berg
Deivid Berg
1 ano atrás

Admito que vocês conquistaram meu respeito.
Pois o conteúdo do guia informativo que acabei de ler realmente me escreveu todas as minhas duvidas.
Pois levo algum tempo já nesse ramo e até hoje foi uma das melhores explicações que eu parei para lê.
Vou tentar entrar em contato com vocês para que eu possa adquirir mais conhecimento e melhorar cada vez mais as minhas princesas.
(Obs: caso eu não consiga estabelecer contato deixo meu email .) [email protected]
Dês de já agradeço a atenção e fico aguardando mais informações.

Number3
Number3
3 meses atrás

Bom demais esse conteudo!

Viviani Matos
Viviani Matos
2 meses atrás
  • Obrigada
  • Meninas