Cultivo

COMO PREPARAR SEU CULTIVO PARA O PRÓXIMO CICLO

Tomar um cuidado especial com o início do cultivo pode garantir o sucesso das suas plantinhas no final. Aqui, trazemos as nossas dicas!

Depois de colher as suas plantinhas, é sempre essencial se preparar muito bem para o próximo ciclo do seu cultivo. Seja no cultivo indoor ou outdoor: existe um conjunto de ações fundamentais para garantir que as plantinhas que irão se cresceram e se desenvolveram saudáveis, tricomadas e cheias de propriedades terapêuticas incríveis para você. 

Para a gente, essa é uma das partes mais legais de todas! Isso porque ela permite que a gente analise o que deu certo no ciclo anterior e aja preventivamente para mitigar qualquer problema que pegou no último ciclo. E, se não teve problema, melhor ainda! Você achou a sua receitinha de bolo e pode usá-la, ou fazer mais alguns testes para deixá-la ainda melhor.

De qualquer forma, retornar aos cuidados com as plantas requer alguns cuidados bem especiais. Aqui, a gente explica os pontos que acreditamos serem mais importantes para dar o pontapé inicial em um cultivo perfeito! Vem com a gente entender mais.

 

Comece pela limpeza e desinfecção

Ao limpar seu cultivo para o próximo ciclo, é essencial garantir uma desinfecção completa para promover um ambiente saudável para suas plantas. Comece removendo todos os restos de plantas ou detritos do ciclo anterior. Garanta que não haja resíduos que possam abrigar patógenos ou os temíveis indicadores biológicos

Em seguida, caso seu cultivo seja indoor, desinfete minuciosamente todas as superfícies, incluindo paredes, pisos, bancadas e prateleiras. Para isso, você pode usar produtos específicos. Algumas opções comuns incluem desinfetantes à base de peróxido de hidrogênio, produtos à base de álcool isopropílico ou desinfetantes comerciais formulados para uso em ambientes de cultivo. Certifique-se de seguir as instruções do fabricante para diluição e aplicação adequadas. 

Além disso, desinfete todos os vasos, bandejas de drenagem, ferramentas de jardinagem e equipamentos, como lâmpadas, refletores e sistemas de irrigação, para reduzir o risco de transmissão de doenças entre as plantas. Ao realizar uma limpeza e desinfecção completa, você estará criando as condições ideais para um novo ciclo de cultivo bem-sucedido, minimizando os problemas de saúde das plantas e maximizando seu potencial de crescimento e produção.

 

Revise seu sistema de cultivo

É essencial se certificar de que seus sistemas ainda funcionam e fazer reparos antes de reiniciar. Imagem: Canva.

Antes de iniciar o próximo ciclo de cultivo, é fundamental realizar uma verificação abrangente de todos os sistemas e equipamentos. Siga esta checklist para garantir que tudo esteja em ordem:

Sistemas de cultivo:

  • Inspecione os sistemas de irrigação para garantir uma distribuição uniforme de água e nutrientes.
  • Certifique-se de que a drenagem esteja desobstruída e funcione de forma eficiente!

Ventilação:

  • Teste os ventiladores e exaustores para garantir uma circulação adequada do ar dentro do espaço de cultivo.
  • Limpe os dutos de ventilação para remover poeira e detritos que possam obstruir o fluxo de ar.

Iluminação:

  • Verifique o funcionamento de todas as lâmpadas, reatores e refletores.
  • Substitua as lâmpadas antigas ou com defeito para garantir uma iluminação adequada durante todo o ciclo de crescimento das plantas.

Manutenção geral:

  • Inspecione todas as conexões elétricas e certifique-se de que estão seguras e livres de danos.
  • Verifique se há vazamentos de água ou danos estruturais que possam comprometer a integridade do seu cultivo.

Após completar a checklist, faça quaisquer reparos ou substituições necessárias. Isso ajudará a evitar problemas durante o próximo ciclo de cultivo e a maximizar o potencial das suas plantas.

 

SELECIONE SUAS genéticas

Ao planejar o próximo ciclo de cultivo, é crucial selecionar as variedades de maconha mais adequadas para suas necessidades e ambiente. Comece decidindo quais genéticas deseja cultivar. Leve em consideração não apenas suas preferências de sabor, efeito e rendimento, mas também a adaptabilidade ao seu espaço de cultivo específico. 

Além disso, se você estiver interessado em explorar novas variedades ou encontrar fenótipos excepcionais, pode optar por realizar uma “pheno hunt”.

Durante uma pheno hunt, você cultiva várias sementes da mesma linhagem. Assim, é possível observar as características únicas de cada planta, como aroma, aparência, resistência a doenças e produtividade. Ao identificar os fenótipos mais promissores, você pode selecioná-los para clonagem ou reprodução futura, permitindo a preservação e aprimoramento das melhores características genéticas! Daora, né?

Aqui, a gente ensina todos os passos que você precisa para uma pheno hunt de sucesso! 

 

Germine suas sementes e cuide de clones

preparar seu cultivo
O timing é essencial na hora de germinar suas sementinhas. Imagem: Canva.

Se você estiver começando com sementes, é recomendável germiná-las com antecedência. Assim, elas estarão prontas para o plantio quando o ciclo começar. Existem várias técnicas de germinação que podem ser empregadas, como a germinação em papel toalha, em copo d’água ou diretamente no meio de cultivo. Aqui, a gente ensina todas elas! Certifique-se de fornecer as condições ideais de temperatura e umidade para uma germinação rápida e saudável.

Por outro lado, se você estiver utilizando clones, é essencial garantir que eles estejam saudáveis e bem enraizados antes de transplantá-los para o meio de cultivo principal. Mantenha os clones em um ambiente úmido e com temperatura controlada.

Se seus clones vierem de outros lugares, mantenha-os em quarentena. Assim, caso carreguem pragas ou doenças, você não passa para suas outras plantinhas.

Ao manter os clones saudáveis e protegidos durante esse período de transição, você aumenta suas chances de sucesso ao estabelecê-los no novo ambiente de cultivo.

 

Prepare bem o seu solo

Se você estiver cultivando em solo vivo orgânico, a preparação do solo é fundamental! O solo vivo orgânico é composto por uma variedade de microrganismos benéficos, como bactérias, fungos e microorganismos do solo. Eles desempenham um papel vital na decomposição da matéria orgânica e na disponibilização de nutrientes para as plantas.

Para preparar o solo vivo orgânico, você pode começar adicionando uma mistura de compostos orgânicos, como composto de folhas, húmus de minhoca, esterco bem curtido e outros materiais orgânicos ricos em nutrientes. Esses compostos ajudam a enriquecer o solo, fornecendo uma ampla variedade de nutrientes essenciais para o crescimento saudável das plantas. Aqui, já ensinamos a fazer uma composteira, que traz nutrientes ideais para isso.

Ao preparar o solo vivo orgânico, certifique-se de que ele esteja bem oxigenado e drenado para promover o desenvolvimento saudável das raízes e prevenir problemas como compactação do solo e encharcamento. Uma boa aeração do solo pode ser alcançada adicionando materiais como perlita, vermiculita ou casca de arroz carbonizada.

 

PLANEJE SEU espaço

Plantas companheiras também são uma estratégia no MIP. Imagem: Girls in Green.

Ao preparar seu cultivo para o próximo ciclo, organize o espaço de acordo com o número de plantas que pretende cultivar e o método de cultivo escolhido. Certifique-se de que haja espaço suficiente entre as plantas para permitir o crescimento adequado e prevenir problemas como o mofo. 

Espaçar bem as plantas é essencial para promover uma circulação de ar adequada e reduzir o risco de doenças fúngicas. 

Além disso, considere a utilização de plantas companheiras! Elas podem ajudar a afastar pragas e aumentar a biodiversidade do seu cultivo. Algumas plantas companheiras comumente utilizadas incluem manjericão, alecrim, lavanda e calêndula, que podem ajudar a repelir insetos indesejados e melhorar o equilíbrio do ecossistema do seu jardim. 

Ao planejar o layout e preparar seu cultivo, leve em consideração não apenas o espaço físico disponível, mas também como você pode criar um ambiente saudável e harmonioso para suas plantas, aproveitando ao máximo os benefícios das plantas companheiras e evitando possíveis problemas de crescimento.

 

FAQ

Por que é importante preparar SEU cultivo para o próximo ciclo?

Preparar seu cultivo para o próximo ciclo é essencial para garantir o sucesso do cultivo de cannabis. Isso inclui limpar e desinfetar o espaço, selecionar genéticas adequadas, preparar o solo ou substrato, e garantir que todos os sistemas de cultivo estejam funcionando corretamente.

Quanto tempo antes do próximo ciclo devo começar a preparar meu cultivo?

O ideal é começar a preparar o cultivo algumas semanas antes do início do próximo ciclo. Isso permite tempo suficiente para realizar todas as etapas necessárias, como limpeza, preparação do solo e germinação de sementes ou enraizamento de clones.

Como escolher as genéticas certas para o próximo ciclo?

Ao escolher as genéticas para o próximo ciclo, leve em consideração fatores como adaptação ao ambiente de cultivo, preferências de sabor, efeito desejado e rendimento. Além disso, considere a possibilidade de realizar uma “pheno hunt” para encontrar fenótipos excepcionais.

Quais são algumas dicas para preparar o solo ou substrato?

Ao preparar o solo ou substrato, certifique-se de adicionar nutrientes orgânicos e corrigir o pH conforme necessário. Garanta uma boa oxigenação e drenagem do solo para promover o crescimento saudável das raízes e evite problemas como compactação e encharcamento.

Como garantir que os clones estejam saudáveis antes de transplantá-los?

Para garantir que os clones estejam saudáveis e bem enraizados antes de transplantá-los, mantenha-os em um ambiente úmido e com temperatura controlada. Também mantenha clones de outros cultivadores em quarentena, apenas para garantir a segurança dos seus!

Quais são algumas plantas companheiras úteis para cultivar junto com a cannabis?

Algumas plantas companheiras úteis para cultivar junto com a cannabis incluem manjericão, alecrim, lavanda e calêndula. Essas plantas podem ajudar a repelir pragas e melhorar o equilíbrio do ecossistema do seu jardim.

Como evitar problemas como mofo durante o próximo ciclo de cultivo?

Para evitar problemas como mofo, certifique-se de espalhar bem as plantas para promover uma circulação de ar adequada. Além disso, mantenha o ambiente de cultivo limpo e desinfetado e monitore regularmente as condições de umidade.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments