Redução de Danos

Como limpar bongs e vidros: Melhores métodos

Precisando dar aquele talento nos seus apetrechos? Não tema: aqui, vamos ensinar a você como, quando e porquê limpar seus bongs e vidros é tão importante.

Todo mundo tem aquele amigo (coff coff) cujo bong é uma nojeira: restos de maconha ou resina, água de trinta dias atrás e muita sujeira grudada por todos os cantos. Com apenas um pega, você consegue sentir o gosto de toda a maconha ou haxixe já fumado na história daquele vidro. É: isso não é gostoso, e também não é saudável. Por isso, saber limpar seus bongs e vidros da maneira correta é fundamental para qualquer maconhista que se preze.

Para reduzir danos bongando a sua maconha ou vaporizando seu haxixe em um dab rig (como são chamados os vidros específicos para concentrados), é necessário manter a limpeza dos materiais em dia. Também é essencial tomar cuidado com a forma e com os produtos que você usa para isso — afinal, ninguém quer comprometer a durabilidade dos próprios equipamentos, certo?

Como a gente sabe da importância de manter bongs e vidros bem limpinhos, vamos ensinar um pouco mais para você sobre isso. Então, hora da faxina: vem aqui com a gente entender mais sobre a limpeza do que você usa para chapar por aí!

Foto colorida de Alice Reis, uma mulher branca de cabelos longos e castanhos dando um dab, soltando fumaça e olhando para a câmera. Ao fundo vemos um tecido com motivos étnicos em tons de laranja 
Alice dando um dab

Por que você precisa limpar seu bong, pipe ou vidro

Depois de fumar em um bong por algum tempo, o alcatrão se acumula, tornando cada sessão mais pesada. Esses resquícios acumulados podem induzir a ataques de tosse, irritações na garganta e nos pulmões, além de prejudicar a fumaça e o gosto da sua maconha.

No caso dos vidros usados para dar dab em concentrados, normalmente há um acúmulo de resina na água, no corpo e no nail. Tudo isso precisa ser limpo regularmente para que você possa aproveitar o maravilhoso poder dos terpenos. Afinal, concentrado não é barato — e qualquer coisa que atrapalhe sua experiência com eles é definitivamente um saco.

Não há nada como dar uma tragada em um bong, cachimbo ou vidro recém-limpo: você consegue sentir os sabores e as nuances da fumaça ou do vapor com muito mais suavidade. Isso ajuda a preservar a sua peça e os seus preciosos pulmões. 

Ou seja: coloque um lembrete em algum lugar e crie o hábito de limpar seus equipamentos regularmente. Isso vai garantir que eles funcionem bem por mais tempo, além de ajudar a manter sua saúde. Além disso, o processo é relativamente rápido e os materiais não são caros. Com toda a certeza são menos caros do que trocar de bong toda vez que ele fica preto (fica a dica)!

Quando limpar seu bong, pipe ou vidro?

A resposta curta é: quando estiver marrom e cheio de alcatrão ou restos de resina. Se você não consegue ver através do vidro do pipe, é hora de fazer uma limpeza. Com bongs e dab rigs, se for difícil ver a água lá dentro, dê uma limpada.

A frequência com que você deve limpar uma peça dependerá da frequência com que você fuma usando ela. Algumas pessoas limpam um cachimbo de vidro ou bong todos os dias, se o usam muito ou se a peça for cara. Se você costuma dar vários dabs diariamente, por exemplo, é importante limpar logo depois de cada um — e fazer uma faxina mais drástica sempre que possível.

Uma vez por semana provavelmente é uma boa frequência para quem usa maconha ou haxixe em uma quantidade moderada. Se você só fuma de vez em quando, provavelmente pode deixar por mais tempo. Se já faz meses desde que você limpou uma peça, definitivamente é hora.

Para bongs e vidros, é uma boa ideia trocar a água antes de fumar uma vez por dia ou toda vez que você usá-la. A água que fica em um equipamento desses por muito tempo ficará cheia de alcatrão, detritos e restos de resina. Como já falamos, isso pode prejudicar a sua experiência e a sua saúde.

Foto colorida mostrando uma mão de mulher branca segurando quatro piteiras de vidro em frente a um pote de maconha, em cima de uma cama com lençóis e travesseiro branco
piteira de vidro

Métodos para limpar seu bong, vidro ou cachimbo

Limpar um bong de vidro, cachimbo ou dab rig é fácil. Tudo o que você precisa é:

  • Álcool isopropílico (70% funciona bem, mas 90% é melhor);
  • Sal grosso (opcional — ele ajuda a desgrudar pedaços grandes de resina, mas muitos maconhistas e haxixeiros afirmam que ele é abrasivo e pode estragar peças. Portanto, tome cuidado).

Para limpar uma peça com esses materiais:

  • Despeje a água fora, se for um bong ou dab rig;
  • Coloque álcool e sal grosso dentro da peça;
  • Tampe os orifícios e agite por um minuto ou dois;
  • Jogue fora a mistura de álcool e sal;
  • Enxágue com água morna para garantir que não haja mais álcool ou sal na sua peça;
  • Deixe secar até que não cheire a álcool (geralmente por uma hora ou mais);
  • Repita o processo se necessário.

Para alcatrão ou uma resina mais grudada e resistente, deixe a peça de molho em álcool por algumas horas ou durante a noite. Você também pode investir em uma escova para cachimbo e esfregá-la após despejar o álcool. Se sua peça for pequena o suficiente, mergulhe tudo em um recipiente com álcool e sal e deixe por um tempo.

Mas cuidado: seja delicada(o) para não quebrar um vidro ao limpá-lo. A limpeza envolve agitar vigorosamente uma peça e geralmente é feita perto de uma pia de porcelana ou metal — território bastante perigoso para quem é mais desastrado. Você pode colocar a peça em cima de um pano velho para não quebrar na bancada.

Quando e como limpar uma peça sem álcool?

Existem várias soluções específicas para a limpeza de bongs e vidros sem álcool em sua composição. Normalmente, elas são fáceis de encontrar online ou mesmo nas headshops mais completinhas. Elas são boas, e se você tiver uma graninha a mais, vale investir para garantir a durabilidade da sua peça.

Você também não deve usar álcool para limpar bongs de látex, acrílico ou silicone, pois o líquido pode danificar o material. Em vez disso, use apenas água quente e limpadores específicos. Os bongs ou pipes de silicone também podem ser limpos com detergente e água morna ou colocados na máquina de lavar louça.

Foto colorida de Bong- Rig de vidro branco leitoso com um pote de rosin ao lado. Foto contra a luz do sol, em uma varanda com parapeito de madeira
Dab rig com nail de vidro e session de rosin preparada 

Mais dicas para limpar seu vidro

Se você usa um dab rig com nail de vidro ou quartzo, deve ter cuidado e limpá-los logo após cada dab. A resina é muito mais grudenta do que qualquer outra coisa que você possa fumar, e, caso você deixe ela por um tempo, é garantia de perrengue para depois.

Então, para limpar seu nail após cada uso:

  • Passe um cotonete molhado no seu alcool isopropílico por toda a extensão do seu nail;
  • Use a ponta limpa do cotonete para secá-lo;
  • Se perceber que ele ainda está sujo ou com alguns pontos mais pretinhos, espere um tempo e use o maçarico para “queimar” essa sujeira fora.

E lembre-se: mesmo tendo esse cuidado após cada uso, você ainda tem que trocar a água do seu rig e limpá-lo da mesma maneira que ensinamos como limpar o bong. Vá na calma e no carinho, mas se certifique de que ele está sempre impecável antes de cada sessão.

Usando essas dicas, a gente garante que seus pulmões vão agradecer! Você vai notar: a limpeza ajuda a manter aquela tosse e o pigarro chato sob controle, além de aprimorar o sabor de qualquer coisa que você for fumar — do prensadinho básico (e bem lavado) até a crema mais gostosa que você já viu.

Para mais dicas de Redução de Danos e notícias sobre o universo da maconha e das extrações, não esqueça de nos seguir no Instagram @girlsingreen710.

Até a próxima!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments