Outras Drogas

BLUE HONEY: SAIBA O QUE É E COMO FAZER O MEL PSICODÉLICO

O Blue Honey, ou Mel Azul, pode ser uma maneira deliciosa de usar seus cogumelos mágicos. Aqui, a gente explica mais sobre como fazê-lo e suas vantagens!

Se a psilocibina é a sua substância de escolha (ou pelo menos uma delas), você deve, assim como a gente, estar sempre buscando por novas maneiras de experimentá-la. Isso porque o sabor dos cogumelos mágicos in natura pode ser desafiador para alguns paladares mais sensíveis! E, dentre receitas de chocolates e chás, encontramos uma que nos chamou atenção: a do Blue Honey, ou mel azul.

O Blue Honey é um jeitinho simples, prático e gostoso de armazenar seus cogumelos ricos em psilocibina de forma eficaz. Com ele, você evita a oxidação e degradação dos seus queridos fungos e de quebra ganha uma forma deliciosa de dosar suas experiências psicodélicas!

Mas afinal, o que é o Blue Honey, como ele é feito e como dosá-lo? Aqui, a gente vai esclarecer tudo isso para você! Vem com a gente mergulhar nessa temática.

 

O que é Blue Honey?

O “mel azul” ou “Blue Honey” é, basicamente, mel com cogumelos mágicos. Esse método de preparação envolve adicionar pó ou pequenos pedaços de cogumelos ricos em psilocibina ao mel. O objetivo por trás disso é criar uma maneira mais conveniente e saborosa de consumir esses fungos, além de permitir um armazenamento mais eficiente.

Ao misturar o pó de cogumelo no mel, a psilocibina é preservada, e o mel serve como um meio agradável para a administração dos cogumelos. Se você já tem experiência com eles, deve saber que o seu gosto amargo pode até causar alguns desconfortos. Por isso, se você não curte tanto o chocolate ou mesmo as cápsulas, o Blue Honey pode ser a alternativa perfeita para você.

O nome “mel azul” refere-se ao fato de que, ao longo do tempo, a psilocibina presente nos cogumelos pode oxidar e adquirir uma cor azul escura. Embora o mel em si não mude para a cor azul, o termo é utilizado para indicar que o mel está enriquecido com o alcaloide psicoativo presente nos cogumelos mágicos.

A razão por trás dos poderes mágicos de preservação do mel é dupla. Primeiro, o mel contém um agente antibacteriano do qual todos já ouvimos falar, o peróxido de hidrogênio. Isso permite que as bactérias sejam controladas a ponto de os humanos poderem consumi-lo milhares de anos depois. O segundo aspecto fascinante da preservação do mel é o ácido glicônico, que aumenta a acidez ao reduzir o pH do mel. Incrível, não é?

 

Quais as vantagens do Blue Honey?

blue honey
Existem várias vantagens além da preservação! Imagem: Canva.

Algumas das vantagens associadas ao uso do “Blue Honey” ou mel azul são:

  • preservação das propriedades psicodélicas: como a gente já mencionou, o mel funciona como um excelente conservante! Assim, ele permite a preservação das propriedades alucinógenas dos cogumelos por um período praticamente indefinido. A ausência de processos de cozimento também evita o risco de danificar os cogumelos, uma vez que altas temperaturas podem degradar a psilocibina;
  • facilidade de armazenamento: a preparação do Blue Honey oferece uma maneira conveniente de armazenar os cogumelos. Só lembre de rotular seu potinho de mel para evitar viagens de pessoas desavisadas!
  • facilidade de dosagem: ao calcular a dosagem no pote de mel, torna-se fácil determinar quantas colheres de chá são necessárias para alcançar o efeito desejado. Isso proporciona um bom controle sobre a quantidade de psilocibina consumida;
  • controle de potência: conhecer a proporção de mel para cogumelos permite ajustar a potência da mistura conforme suas preferências. Você pode fazer uma mistura mais forte ou suave, dependendo da sua tolerância e da intenção;
  • experiência menos desconfortável: o mel azul oferece uma alternativa mais palatável para consumir cogumelos mágicos em comparação com mastigá-los purinhos. O sabor do mel pode tornar a experiência mais agradável para aqueles que acham a textura ou o sabor dos cogumelos secos desagradáveis;
  • variedade na forma de administração: o Blue Honey oferece uma alternativa única e mais refinada para a administração de psilocibina. Pode ser até uma forma de agregá-los a outras receitas e pratos! Um smoothie adoçado com esse mel, por exemplo, fica delicinha.

 

Como fazer Blue Honey?

Para fazer seu mel azul, você vai precisar de:

  • 4,62g de cogumelos mágicos moídos;
  • 132g de mel (quanto mais líquido, melhor);
  • pote de vidro para armazenar.

Passo a passo:

  • Comece com os cogumelos. Moa-os em um moedor de especiarias ou triturador de alimentos até eles virarem um pó. É importante garantir que não haja pedaços grandes!
  • Em uma balança pequena, pese seus cogumelos moídos até atingir 4,62 gramas. Adicione isso ao seu pote de vidro limpo e seco.
  • Adicione 136 gramas de mel ao pote e mexa lentamente, mas de forma consistente, até que todos os cogumelos estejam completamente misturados ao mel. Armazene em um local fresco e seco.
  • Seu pote agora contém 4,62 gramas de cogumelos, o que resulta nas seguintes medidas: 22 colheres de chá de 0,2 gramas (microdose) ou 8 colheres de sopa de 0,5 gramas cada (microdose maior).

É claro que você pode aumentar a quantidade de cogumelos para ajustar de acordo com sua tolerância ou suas preferências, ou aumentar a receita seguindo essas proporções para um efeito mais suave. A gente que adora uma microdose curte a opção de usar o mel para isso no dia a dia — sem necessariamente ter efeitos psicodélicos acentuados.

 

Como dosá-lo?

Dosar o Blue Honey depende da quantidade de cogumelo que você usou inicialmente. Imagem: Canva.

Como a gente já explicou, a dose vai depender bastante do tipo de experiência que você está procurando. Mas já trouxemos no nosso texto de chá de cogumelos uma tabela que pode ajudar a guiar quem está começando e quer saber o que esperar:

Tipo de dose Dose Duração dos efeitos Melhor para
Baixa 0.5 a 1g 1 a 4 horas Iniciantes
Média 1.5 a 3g 1 a 4 horas Consumidores experientes
Alta Acima de 3g 2 a 6 horas Consumidores muito experientes

Fonte: Leafly.

 

E aí, gostou de descobrir mais sobre o delicioso mel azul? Conta para a gente se você já fez e curtiu, ou deixa aqui nos comentários a sua dúvida sobre o processo.

Não esqueça de nos seguir lá no Instagram @girlsingreen710 para saber mais sobre psicodélicos, maconha, haxixe, Redução de Danos, e muito mais.

Até a próxima!

 

FAQ

O que é Blue Honey?

O “mel azul” ou “Blue Honey” é, basicamente, mel com cogumelos mágicos. Esse método de preparação envolve adicionar pó ou pequenos pedaços de cogumelos ricos em psilocibina ao mel. O objetivo por trás disso é criar uma maneira mais conveniente e saborosa de consumir esses fungos, além de permitir um armazenamento mais eficiente.

Quais as vantagens do Blue Honey?

O Blue Honey preserva melhor os cogumelos psicodélicos, além de facilitar sua dosagem e seu armazenamento. O método também é bem indicado para quem não gosta do sabor dos cogumelos in natura, que pode ser bem forte.

Como fazer Blue Honey?

Para fazer o Blue Honey, basta moer seus cogumelos e misturá-los a uma quantidade adequada de mel. A proporção vai depender muito da sua intenção, mas nós sugerimos 4,62g de cogumelos mágicos moídos para 132g de mel (quanto mais líquido, melhor).

Como dosá-lo?

Dosar o mel segue a linha regular dos cogumelos, e vai depender da quantidade de gramas que você usar na receita. As doses de 0.5g a 1g são consideradas baixas, e acima de 3g são consideradas altas.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments